Sociedade Civil @rtp2 9/01/2009

A ética trava ciência?
O ritmo a que o Homem conquista conhecimento e ferramentas para “domesticar” doenças ou encontrar alternativas à dependência dos produtos petrolíferos é em boa medida condicionada pelo esgrimir de argumentos entre ciência e ética. A Declaração Universal sobre o Uso do Conhecimento Científico, assinada em 1999 em Budapeste, define a ciência como um instrumento de bem-estar dos povos. Mas se for travada, pouco bem-estar trará. Por outro lado, se não for moralmente regulada pode ser um instrumento de perversão da humanidade.
Vamos conhecer os avanços e recuos da ciência e que promessas ainda estão por cumprir.

Convidados:
Tiago Outeiro, Investigador Principal do Instituto de Medicina Molecular
Eufémia Ribeiro, Médica Obstetra, Geneticista e Presidente da Associação de Diagnóstico Pré – Natal
Nuno Nabais, Professor do Departamento de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Pe. Vitor Feytor Pinto, Pároco do Campo Grande, Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde, membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida

Acho este programa bastante pertinente e deve de ser visionado por todos os seguidores deste blog, pode ser visto em diferido atravez do site da RTP MULTIMÉDIA que abaixo deixo:

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=23283&arquivo=0