Obama anuncia medidas para a redução da dependência do petróleo

É com grande agrado que li esta noticia hoje das edições online de vários jornais.

“Não vamos a ser refens de recursos que se estão esgotando, de gorvernos hostís, e de uma Terra em Aquecimento Global” – foram estas as palavras proferidas por Barack Obama quando anunciou a decisão do seu governo em reduzir as emissões de CO2 e impulsionar a energia verde daquele que é o segundo maior poluente do mundo só ficando atrás da mega-poluidora China.

Obama afirmou também que a dependencia do crude estrangeiro e as mudanças climáticas representam “ameaças urgentes para a segurança naciona” estadounidense. Com este giro radical na política energética dos EUA e sobre-tudo interpolada pela política Bush, o objectivo é preservar o ambiente ao mesmo tempo que se criam milhares de empregos com base nesta iniciativa.

Assim Obama está enviando um sinal ao mundo de que os EUA estão levando a sério o tema ambiental, e desta forma pressionar o congresso para que aprove da forma mais rápida possível todas as medidas necessárias para reduzir as emissões de gases nocívos para o planeta.

Como opinião pessoal creio que se esta medida devia de ser amplamente implementada na maioria dos países desenvolvidos de forma a diminuir a dependencia dos combustiveis fosseis. Bastava para tal, que todo o empreendimento nacional onde está ideia fosse viável a obrigação de utilização de energias renováveis (telhados de hospitais, tribunais, camaras municipais, estádios de futebol, prédios de habitação) onde nos telhados existisse a possibilidade da colocação de paineis solares de forma viável para garantir a totalidade ou parcialidade das necessidades energéticas do edificio. A comparticipação do estado na instalação destes mesmos sistemas em instalação já existentes. Bem como a facilidade e comparticipação na adquisição de transportes não poluentes, como por exemplo as bicicletas, que sendo um meio totalmente não poluentes não recebem qualquer tipo de apoio financeiro, como por exemplo os veiculos electricos já recebem! Na Inglaterra, desde que proves que usas a tua bicicleta essenciamente para te deslocares de forma a não pegares no carro, recebes cerca de 50% do valor total da bicicleta, sendo que este valor é-te dado atravez de uma redução nos impostos gradualmente ao longo de um par de anos!

Voltado ao tema inicial, só esta iniciativa de Obama a meu ver já lhe vale o proximo mandato na casa branca em 2013! Resta saber se os lobis do ouro negro não lhe fazem a folha…

Iraq For Sale – The War Profiteers

Iraq for sale – The war profiteers ou Iraque à venda – Os lucros da guerra (Tradução livre) leva-nos a entrar na vida de soldados, condutores decamiões, viuvas e crianças cujas vidas foram devastadas para sempre graças à onda de lucros gerada pela guerra no Iraque. Iraq for sale desmascara as conecções entre as corporações privadas que fazem a guerra actualmente neste pais, e os lideres que permitem que tal seja feito.

O filme debruça-se sob 4 grandes empresas que eram pouco conhecidas ou totalmente existentes antes da guerra no Iraque de 2003, nomeadamente a BlackWater, Halliburton KBR, CACI e L3 Titan.

EDIT: Iraq For Sale Legendas Português – agradecimentos a Docspt.com

Ainda não vi o filme, mas no pequeno clip existente no youtube (e que está disponível para visualização no fim deste post), este centra-se sobretudo numa companhia chamada BlackWater WorldWide, empresa criada em 1997 com a ideologia de treinar militares em tacticas ofensivas e defensivas, bem como defesa pessoal.

Actualmente cerca de 90% dos lucros desta empresa são fornecidos atravez do governo dos EUA, principalmente no teatro de operações existentes no Iraque.

A escalada de lucros criada por esta empresa é fenomenal, passando de um total de lucros de 200 mil dólares para uns fantásticos 200 milhões de dólares por contracto até um acordo mútuo com o governo dos EUA em 2003 que atingiu a modica quantia de 21 milhões de dólares na prestação de protecção de Lewis Paul Bremer,  director humanitário e para a reconstrução no Iraque.

Quanto às outras empresas, a Halliburton KBR, dedica-se a todo o tipo de serviços baseados com o petróleo, armazenagem, movimentação e afins, bem como à construção de todo o tipo de infraestruturas.

A CACI e a L3 TITAN dedicam-se a providenciarem interrogatórios e traduções destes mesmo, nas prisões de Abu Ghraib. Com contractos feitos com o governo dos EUA que chegam aos 2 Biliões de dólares.

A totalidade do documentário pode ser mais uma vez adquirido na loja de torrents mais perto de sí!

Edit:

Aqui fica o link para o próprio filme no Video.google: (Agradecimentos a kalenda pelo link)