Controlo dos Media pelo CFR

Este pequeno vídeo tenta mostrar, através da história, como o Council on Foreign Relations (CFR) (wikipedia), ganhou controlo (e controla) os Mass Media (Americanos, pelo menos neste caso).

“O ano era 1917 e o representante [do governo] Oscar Callaway publicou uma declaração na acta de congresso dos U.S. onde explicava o porquê da J.P. Morgan ter contratado 12 gestores de jornais altamente conceituados.”

“Os 12 homens terão sido contratados para averiguar quais os mais influentes jornais da América, e quantos jornais seriam necessários manipular para controlar a opinião pública.”

Após a investigação, 25 jornais terão sido comprados, um director foi escolhido para cada um deles de modo a garantir que todo o material publicado estivesse de acordo com a política pretendida.

Em breve, esta nova política seria definida por um grupo formado por Morgan e os ‘seus colegas’ (Warburg, Rockefeller). Este grupo viria a ser conhecido como o “The Council on Foreign Relations”. (talvez possamos dizer em português, Concelho para Relações Públicas).

Hoje em dia, o CFR admite que o seu objectivo é “aumentar a compreensão do mundo pelos Americanos”. No entanto, o mais correcto será dizer que “pretendem criar um sistema financeiro global, controlado por privados, capaz de dominar o sistema político de cada país e a economia do mundo como um todo”. Estas declarações foram reveladas pelo Prof. Carroll Quigley que teve acesso aos ficheiros secretos da organização quando estava a escrever um livro que viria a ser favorável à própria CFR.

Os membros do CFR incluem as entidades mais ricas da América, assim como os mais elevados cargos na política, instituições académicas, e empresas livres de impostos e os media oficiais. O CFR não se limita a analisar as políticas internacionais como também contribui para a sua criação e manipulação.

O poder do CFR sobre os meios de comunicação é, digamos, gigante. Muitos dos líderes destes meios de comunicação fazem parte da CFR, como a gigante Disney-ABC e a “America Online“.

Hoje em dia um punhado de pessoas governa a opinião pública através da notícias ‘estabelecidas’.

Falta de fontes? Penso que este pequeno clip dá informação suficientemente precisa para se poder fazer uma pesquisa individual. Algo é certo, a televisão a que assistimos hoje nunca teve tão entupida de lixo. Intermináveis minutos depublicidades , notícias de desporto muito específicas que preenchem grande parte do telejornal, etc, etc… Como pode uma pessoa abrir a mente para outros assuntos e estar informada se assim que começa a pensar nos problemas da sociedade logo surge uma notícia sobre as novas contratações de algum clube?

Uma pessoa que se restrinja apenas à informação que passa na televisão está tão limitada que acredita que todo o mundo é aquilo que ela vê. Penso que esta será mesmo a melhor descrição para limitação.. crer que todo o mundo é os seus horizontes.

Se puderem informar-me de mais alguns sites de jornalismo independente, agradeço. Não deixem de passar a palavra, não deixem de pensar nisto nem de se informar.

Abraços.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: