A morte de um podia levar ao declínio de outro

Reconstrução de um dodó no museu natural de Singapura

Por muitos considerado o símbolo da acção do Homem na Terra, o pássaro dodó vivia nas Ilhas Maurícias e não voava. Estas pacíficas aves foram massacradas pelos marinheiros de passagem aos milhares, até que, em menos de 200 anos, nenhuma restava. A última foi morta em 1681.

O que poucos conhecem é que a morte do último dodó em 1681 podia também ter condenado outra espécie autoctene da ilha, conhecida como calvária ou tambalacoque e actualmente como árvore-dodó, não fosse um estudo levado a cabo pelo ecologista Stanley Temple.

Em 1973 alguns cientistas ficaram convencidos de que a espécie estava desaparecendo. Só existiam treze exemplares da planta em toda a ilha, e estes tinham mais de 300 anos. Concluiu-se então que nasceram na época em que os últimos dodós estavam a ser massacrados.

Temple através dos estudos que tinha realizado com os restos fósseis da avé, onde tinha encontrado muitas sementes da dita árvore, concluiu assim que esta necessitava de passar pelo tracto digestivo dos dodós para poder germinar.

Ao fim de algum tempo descobriu-se que era possível conseguir o mesmo efeito se as sementes fossem ingeridas por perus. Se estas aves originárias no continente americano rejeitam comer as frutas da calvária, já as sementes em si elas consomem sem aparente hesitação. Assim a árvore foi salva e passou a ser chamada também de árvore-dodô, muito embora as sementes germinadas com o auxílio de perus ainda não tenham tido a chance de gerar frutos e sementes, o que será necessário para a sua propagação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: