We choose the moon – Nós escolhemos a lua

Hoje celembra-se os 40 anos da primeira alunagem por parte de um ser-humano na lua. Facto é que apenas houve 6 alunagens até então e apenas 12 pessoas estiveram em contacto directo com o solo lunar. Facto é que uma tão difícil missão de conquistar a lua fosse possível nos anos 60 e inícios de 70, nunca mais foi realizada?

Talvez isso demonstre como os media são uma grande influencia naquilo que vivemos no dia a dia. O Momento em que Neil Armstrong proferiu as tão famosa frase “um pequeno passo para um homem, mas um grande salto para a humanidade” cerca de 500 milhões de pessoas assistiam em directo em todo o mundo, foi então a maior audiência televisiva de um evento em directo. Após o sucesso mediático das missões 11, 12, 13, 14 e 15, as missões 16 e 17 foram um fracasso no que toca a audiências, pelo que e devido ao enorme corte orçamental cedido para a NASA, as outras 3 missões previstas foram canceladas.

A corrida ao espaço por parte dos americanos iniciou-se durante a guerra fria com a já extinta URSS, foi uma forma mais por parte de ambas as super-potencias para desviarem os olhares do público da verdadeira corrida ao armamento e espionagem entre ambos. No dia em que Neil Armstrong pisava pela primeira vês o solo lunar uma sonda soviética, que numa última tentativa de enviar amostras lunares de volta para a terra primeiro que os americanos, acabou por sofrer um desastre durante a alunagem no satélite natural.

Várias teorias afirmam que nunca se chegou de facto a levar um Homem à lua, mas existem factos provados de que isso de facto aconteceu, as missões Apolo 11, 14 e 15 deixaram na superfície lunar vários prismas que podem ser reflectidos por sistemas lasers existentes em várias estações espaciais no mundo, bem como existem evidencias (rastos dos moon-rovers, os carros que usaram na lua ou os restos das missões) fotografadas a telescópio que comprovam que eles lá estiveram.

Deixo-vos aqui alguns dados interessantes acerca da exploração lunar:

• Quanto Neil Armstrong aterrou o módulo lunar no “mare tranquillitatis”, apenas tinha mais 30 segundos de combustível disponível.  O interruptor que devia de ligar os motores para a saída da lua estava partido, foi usada uma ponta de uma caneta para activar o sistema.
• Os Foguetes Saturn IV que impulsionavam os aparelhos lunares mediam 111metros, pesavam 129300 kilos a seco com mais 2556818 kilos de combustível, geravam mais de 160000000 cavalos com 33360000 newtons de força nas suas fases iniciais. O seu fabrico custava 3.165 milhões de euros cada um ao estado norte-americano.
• No momento em que o foguete se solta do módulo que leva os astronautas à lua, a missão apenas pesa 4% da sua massa.
• Entre 1961 e 1975 o programa Apolo gerou mais de 400 mil postos de emprego.
• Ao regressar à terra, a missão Apolo X impôs o record de velocidade de um veiculo tripulado pelo Homem: 39897km/h.
• 384400 kilometros distam a Terra da Lua, que levaram 49 horas a serem ultrapassados.
• É necessário o módulo atingir 11,2 kilometros por segundo para fugir à força gravitacional da Terra.
• Na aproximação do módulo à lua, Neil Armstrong teve de fazer a aterragem manualmente, pois o sistema automático falhou na altura.
• O sistema de navegação dos módulos dispunha de um computador com 2Mhz de processador e 0.0039 Mb de ram. Um Iphone 3GS hoje tem 600Mhz de processador e 512 Mb de ram.
• No total os projectos Apolo custaram em valores actualizados cerca de 97 mil milhões de euros.

8 Responses to We choose the moon – Nós escolhemos a lua

  1. Bom post!

    Para ser sincero… a ida à lua às vezes ainda me custa a engolir… e isto não é de agora.. já vem desde sempre que eu me lembro de ter existido.

    É de certo verdade a pouca potência dos computadores da altura.. mas também na altura era processado praticamente só texto.

    Existem, de facto, muitas teorias que tentam provar que o homem não foi à lua. Acho que praticamente todas já me foram provadas como falsas.

    Mas a mim há uma que me faz MUITA confusão.

    Para aterrar um avião na terra é preciso uma pista de aterragem de alcatrão, toda arranjada, uns bons pneus e um bom trem de aterragem.. Para enviar a sonda a Marte foram necessárias 7 camadas de kevlar insufláveis para proteger a maquinaria do impacto. É um pouco complicado aterrar um helicóptero se houver um pouco mais de vento. Já para levantar um Warrior, avião caça, na vertical é preciso algo de outro mundo e acho que é o único no mundo que levanta assim.

    E querem que eu acredite que ás velocidades que se praticam no espaço, o módulo lunar tenha aterrado “na boa”, na vertical, no solo lunar? Da mesma forma como nós aterrávamos a navezinha naqueles jogos do ZXspectrum?

    Então o módulo lunar não precisava de uma pista de aterragem? Aterra na vertical com aquelas perninhas frouxas? e depois levanta e volta para a Terra?

    Desculpem a minha ignorância mas há qualquer que falha ou na missão.. ou no meu conhecimento.

    Para mim essas provas que tu referiste mastiphal podem muito bem ser forjadas. E o facto de a NASA ter cancelado as outras missões por falta de “audiências” na T.V. acho que tem muito a dizer.

    Não sei.. alguém que me tente esclarecer… ainda não estou convencido que o homem tenha ido à lua.. mas também não digo que não foi…

  2. mastiphal diz:

    JoãoTeixeira, não te esqueças que toda a fisica que usas para aterrar um avião ou um helicóptero na Terra em nada se aplica na lua ou em Marte.

    Marte tem atmosfera, logo tem atritos provocados pelos gases, tem ventos que por vezes criam tempestades de areia que chegam a cobrir o planeta inteiro e as sondas não eram pilotadas, elas são largadas ao acaso e apenas têm como redutores de velocidade uns paraquedas, e uns quantos propulsores que sempre ajudam à travagem e depois têm meia duzia de airbags e umas camadas de kevlar como tu referiste.

    Na Terra o módulo que alunou pesava quase 15 toneladas, na lua não chegaria a 2,5 toneladas, e lá não há atmosfera, a unica força que impede o módulo lunar de seguir uma trajectória paralela à superfície lunar é a força gravitica da lua. Como não há ventos nem atmosfera um objecto em movimento lá apenas é travado pela gravidade. Aliado ao baixo peso do módulo na lua tornou a coisa mais símples.
    O módulo era composto por duas partes, as tais “perninhas”, e o módulo em sí onde os astronautas estavam, após os trabalhos, apenas o módulo onde estavam os astronautas regressou. BTW, as perninhas poderiam parecer fósforos mas aposto que deviam de ser feitas de alguma liga titanium/alumínio top-secret e a sua construção devia de ser quase à prova de bala.

    Os astronautas tinham um equipamento na Terra chamado de LLRV que era uma espécie de antecessor dos harriers. Tinha um motor a jacto na vertical que permitia simular a gravidade da lua na terra. Neil Armstrong chegou a despenhar um LLRV em 1968.

    Se tu nos anos 60 já conseguias aterrar um helicóptero no topo de um arranha-céus, porque raios não haverias tu de o fazer na lua usando a tecnologia de ponta de então da NASA?

  3. Manuel de Sousa diz:

    Eu gostava que alguém me informasse sobre quantas aterragens(lunagens) houve na lua. Antes e depois Neil Armstrong. E se foi possível em 1969 se ter pousado na lua, qual o motivo porque essas idas à lua (pé na lua) não se repetiram? Obrigado

  4. mastiphal diz:

    Olá Manuel de Sousa.
    No total houve apenas 6 expedições que levaram o Homem até à superficie lunar, num total de 12 homens que andaram sobre o solo lunar. Antes de Neil Armstrong apenas hoje alunagens através de sondas espaciais, 10 antes de Neil (7 americanas mais 3 soviéticas) e outras 10 depois de Neil Armstrong (todas elas soviéticas).

    Quanto a não haverem mais expedições lunares, isso ai é uma incógnita, como referi no post várias missões que estavam planeadas foram canceladas devido aos altos custos que elas envolviam, é certo que muito se fala em criar condições na lua de forma a torna-la uma plataforma de lançamento para futuras missões a Marte, mas até agora ainda não foi lançado nenhum pilar para a criação de tal projecto.

  5. Gil diz:

    Peço a Mastiphal
    Estou também curioso e confuso e pergunto: Antes de Armstrong quantos homens caminharam na Lua? e suas nacionalidades (soviéticos e Americanos) e depois de Armstrong igual pergunta. Eu li em algures que no diálogo de Armstrong com a terra que Armstrong afirmava estar a ver naves espaciais estranhas pousadas, em fia e fortes raios de luz branca vindos desses aparelhos desconhecidos. Poderá explicar-me melhor? obrigado

  6. mastiphal diz:

    Olá Gil.

    Não nenhum tipo de confusão, o meu post foi feito pela comemoração do primeiro Homem a pisar solo lunar, Homem esse que era um militar americano chamado de Neil Armstrong, depois dele seguiram-se apenas mais onze Homens também todos eles astronautas americanos.

    Quanto aos relatos de que Armstrong viu naves espaciais estranhas ou outro qualquer tipo de luz branca emitida por algum objecto desconhecido, tudo isso é pura invenção e não se pode acreditar nesses relatos. As duas horas e meia que Neil passeou na superficie lunar foram filmadas e gravadas em vídeo assim como as comunicações dos astronautas para a Terra. Essas gravações foram estudadas milhares de vezes e não existe nelas qualquer tipo de referencia acerca de avistamentos estranhos. Os audios que demonstram toda a operação podem ser consultados, assim que possível irei procurar por eles na internet e fornecer aqui no blog.

  7. Luís Poço diz:

    Malta, há montes de factos que demostram e constatam a ida do homen à lua e ainda passados 40 anos depois de Armstrong ter pisado a lua pela primeira vez, há quem jure que foi tudo uma mentira fabricada em estúdios. A revista online Askmen.com resolveu por isso publicar provas contra as teses conspirativas.
    Entre muitos factos, passo a destacar 5 que por excelência, se nos apresentam ao espírito tão claras e distintas, que se tornam por isso mesmos indubitáveis.
    1-A União Soviética
    A URSS nunca pôs o acontecimento em causa.
    2-Fotografias
    Os astronautas fizeram inúmeras fotografias. As sombras que revelam deve-se à forma como a luz se comporta num local sem atmosfera.
    3-Rochas lunares
    As missões Apollo trouxeram 382 quilos de rochas lunares, 600 milhões de anos mais antigas que as terrestres.
    4-Intervenientes no projecto
    Se fosse mentira, alguém entre as 400 mil pessoas envolvidas no projecto lunar já tinham contado tudo.
    5-Aconteceu 6 vezes
    Os astronautas da NASA foram à lua 6 vezes. Se a primeira foi fabricada, porque voltaria a NASA a mentir?

  8. Pingback: Ida à Lua « Ode Triunfante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: