Pensar no que fazemos.

Obrigado Roger pelo link

Este tipo de coisas faz-me pensar muito sobre a razão do meu minuto.

One Response to Pensar no que fazemos.

  1. paulobode diz:

    Este excerto ganhou pelo conceito mas falhou redondamente ao “entendê-lo”.
    Este apanhado remete para a segregação total dos cientistas para com o resto do mundo, apontado que o que advém da tecnologia/estudos científicos é fugaz, inútil e desaquado para as necessidades da sociedade. Nem saberiamos por onde começar para justificar o contrário.
    Justifica-se a fome e miséria com a má gestão dos investimentos em investigações científicas?! Na minha opinião, primeiramente, teriam que ir muito mais acima na pirâmide para encontrar o verdadeiro descabimento de distribuição de recursos. Segundo, o vídeo é fraco em termos de lógica de argumento porque a necessidade para acabar com a fome é uma prioridade desde sempre e qualquer “bolo” que não seja para aqui dirigido, é mal dirigido. Dessa forma, conseguir-se-ia justificar a má gestão de recursos financeiros atacando qualquer sector; neste caso, foi a ciência.
    É tão fraco como dizer que a causa de contágio do virus HIV é haver relações sexuais. O que quer dizer é que qualquer sujeito perfaz o papel (e nem escolheram um muito bom) – deve haver um termo filosófico para isto. O que pretendo transmitir é que este documentário não apresenta nenhuma solução para o problema, e mostra-lo mal! A realidade que presenciamos hoje em dia – a fome, a exploração, violência e a miséria instaladas –exigirá obviamente um remodelamento de parte dos objectivos científicos mas isso é apenas uma alínea de um de muitos pontos num plano global de restruturação social e mental, que é isso que precisamos. Se calhar, quando as entidades elitistas e conservadoras entenderem (assumirem) que o dinheiro empregue para armamento de um só pais seria o suficiente para acabar com a fome de 5 Terras, talvez nem de remodelamento científico precisemos.
    Neste aspecot, este documentário é mesmo muito fraco.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: