Caim, a polémica sobre uma obra de ficção.

O Nóbel da literatura português, José Saramago lançou dia 21 um livro intitulado “Caim” em perto de 4 dias já esgotou a primeira edição de 50000 exemplares e já está publicado também em Espanha, Catalunha, Brasil e na restante Latino-América.

21 anos apois o lançamento de “Evangelho segundo de Jesus Cristo”, Saramago vê-se novamente abraços com uma polémica religiosa. Isto porque Saramago demonstra claramente nos seus textos e naquilo que diz a sua tentencia atea. Frases como aquelas referidas pelo Nóbel aquando da publicação de Caim:

“a Bíblia é um manual de maus costumes, um catálogo de crueldades e de traições. O Deus da Bíblia é uma pessoa cruel, invejosa, vingativa e insuportável. Em pequeno dão-nos sal na boca e deitam-nos água e assim passamos a fazer parte da quadrilha”

Boas ou más estes comentários são sempre opiniões pessoais. Há pessoas que se vêem nestas palavras e há pessoas que não se vêem. Pessoas que pensam que não se deve de opinar dessa forma sobre Deus, como é o caso do Juiz Rui Rangel, que hoje opinou de uma forma brusca sobre Samarago no jornal Correio da Manha. Pois, mas ele não se lembra de no início de 2007 quando referiu que estava a ser censurado sobre uma opinião dele acerca do caso da Menina de Torres Vedras. LINK DN

Como diz Rangel ai no DN, há filhos e enteados… E nas opiniões acerca da religião parece que também os há.

Se todos gostassem da cor amarela em deterimento de todas as outras, o mundo era um lugar aborrecido e monocromático. Todos vós conheceis a minha politica acerca da religião, mas não ando para ai a insultar os outros só porque são contra a minha opinião pessoal. Resta-nos a cada um optar pela via que nos interessa, e tentar sempre encaminhar o máximo de pessoas para uma linha de pensamento comum, evangelizar caso sejamos cristãos, “ateisar” caso sejamos ateus, e por ai em diante. Agora fazer enormes criticas dessa forma quando estamos apenas a publicar uma obra de ficção, e vivemos num pais com uma sociedade livre, onde podemos dizer aquilo que nos venha à “vinheta” desde que não insultemos ninguém, EPAH, por amor de DEUS

5 Responses to Caim, a polémica sobre uma obra de ficção.

  1. jmct diz:

    Já há muito que não surgiam posts sobre religião. Este post trouxe-me alguma nostalgia.

    É impressionante ver ainda um poder tão grande da igreja na sociedade actual, poder esse que acarreta uma censura por parte de alguém que diz alguma coisa de diferente.

    Parece que todos temos de ser Cristãos quando estamos calados. E quando falamos primeiro levantamos o dedo.

    Mas pronto, também não li o livro do “Caim”.

    Penso que o erro reside mesmo na forma errada como vemos as escrituras e como estamos, hoje em dia, completamente separados do que foi o nosso passado em termos de humanidade e cultura. Penso essa ser a principal razão para tamanho desamparo social.

    Compreenderemos quem somos se compreendermos de onde viemos. (não quero deixar esta frase de uma forma dogmática ou como máxima.)

  2. beatriz Ferreira diz:

    E se o facto de Caim, o filho agricultor de Adão (ser primordial entendido como origem de todos nós), ter matado o irmão Abel (pastor), não passar de uma alegoria?

    A alegoria do que sucedeu quando o homem de Cro-Magnon chegou à Europa e matou o seu irmão, o Homem de Neanderthal. É sabido que nós evoluimos significativamente quando passamos a nos sedentarizar através da agricultura e é sabido que o homem de Neanderthal se dedicava à caça, como meio para sobreviver, numa Europa fria e com poucos recursos vegetais.

    Acredito que a Bíblia esconde verdades bem profundas em muitas das histórias que conta, mesmo quando elas parecem crueis. Depende..certo?

  3. jmct diz:

    Olá Beatriz,

    Concordo contigo no sentido em que “a Bíblia esconde verdades bem profundas em muitas das histórias que conta”.

    Se se refere aos Cro-Magnon ou não, isso não sei, mas gostei do teu comentário e da tua abordagem.

    certamente seriamos um povo mais culto e o mundo seria um mundo melhor se nos ensinassem a explorar textos como a bíblia de uma forma alegórica e não de uma forma literária.

  4. mastiphal diz:

    Olá Beatriz Ferreira e bem vinda ao ode.

    Sim, defacto o teu ponto de vista é muito interessante, e quanto a meu ver tens toda a razão, aliás essa teoria das alegorias a meu ver é a unica forma de ver a bíblia…

    Digamos que é como a história do capuchinho vermelho, ninguém acredita num lobo que fala, come a avó e depois desfarça-se desta para enganar o capuchinho. Mas serve em forma de alegoria para ilustrar através de uma história de crianças que estas não devem de confiar nem falar com estranhos. A bíblia como um todo tem muito boas elacções que se podem tirar com a sua leitura, mas não mais do que isso.

  5. beatriz Ferreira diz:

    Sim, não podemos ler a Bíblia em sentido literal, nem a podemos ler à luz dos nossos conceitos actuais sobre moral. Podemos entende-la como uma historia sobre a evolução do Homem na Terra e vê-la também à luz da vida desses seres, que em tempos a habitaram. Esquecemo-nos que nós é que somos Os Velhos, os Sábios, porque presentes num tempo em que podemos aprender com o conhecimento e entendimento sobre todo esse passado. Pelo menos temos as ferramentas…

    No entanto, julgo que, surpreendentemente, a Bíblia é, em muitos aspectos, uma historiagrafia exacta, mesmo quando não nos diz taxativamente que aconteceu A e B. Difícil é entender quando os textos nos estão a transmitir mensagens via alegorias ou quando nos estão a contar uma história exacta, usando artifícios e imagens que têm que ser decifradas. De qualquer forma, é como uma jogo, só lemos o que estamos preparados para ler…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: