Exército Secreto Europeu – EUROGENDFOR

Deixo-vos com um mail que recebi, que por sua vez é também um ou vários posts em outros blogues! Vale mesmo a pena ler!

EXÉRCITO SECRETO EUROPEU –

Tem conhecimento disto?

___________________________________________________________

Terça-feira, Março 16, 2010
EUROGENDFOR, ORDEM PARA OCUPAR!

http://pagina-um.blogspot.com/2010/03/eurogendfor-ordem-para-ocupar.html.

«Existe um EXÉRCITO SECRETO EUROPEU, que também pode ser chamado de FORÇA SECRETA POLICIAL DE INTERVENÇÃO PARA O ESMAGAMENTO DE REVOLTAS NA EUROPA.

Já se encontra dentro da União Europeia, porém apenas muito poucos sabem disso.

A força possui os mais amplos direitos, tem de momento 3.000 homens e responde pelo nome de “EURO GENDFOR (EUROPEAN GENDARMERIE FORCE)”, ou seja, TROPA DE POLÍCIA EUROPEIA. O seu comando encontra-se em Vicenza, na Itália, longe do Centro da UE.

Quem deu vida a este projecto foi a Ministra da Defesa Francesa, Alliot-Marie, com o objectivo de mais facilmente esmagar levantamentos populares, como os que têm surgido frequentemente em cidades francesas.

Esta força, já existente, pode agora ser empregue por toda a União Europeia, anulando os direitos nacionais e as soberanias dos Estados Membros!

O Tratado de Velsen (Holanda), decidiu de forma inequívoca, que vai ser um CONSELHO DE GUERRA, que vai decidir sobre a sua actuação. Este conselho compõe-se dos Ministérios de Defesa e de Segurança dos países membros da UE, inclusivamente do país onde vai ser aplicado.

Aos olhos dos observadores trata-se de uma clara manifestação de um DIREITO DE OCUPAÇÃO DA EUROPA. Porque, desde que tenha sido decidido por unidades da EURO GENDFOR a ocupação de edifícios e regiões, ficam estas debaixo da sua alçada, já não podendo sequer ser visitadas pelos organismos oficiais do país a que territorialmente pertencem. De facto, existe assim um DIREITO DE OCUPAÇÃO EUROPEU. Porém, a situação pode vir a piorar ainda mais.

A EURO GENDFOR não possui apenas os direitos policiais, mas também a competência sobre os serviços secretos, e, pode, em estreita colaboração com forças militares, restabelecer a lei e a ordem nas zonas consideradas convenientes. Em caso de necessidade, deve esta tropa possuir todos os direitos e acessos a todos os meios considerados necessários, para executar o respectivo mandato.

Graças à EURO GENDFOR encontram-se os governos europeus à vontade. Desta forma podem ordenar o abrir fogo contra as próprias populações em caso de demonstrações de massas, colocar regiões inteiras sobre quarentena militar e prender os principais cabecilhas, sem ter de chamar militares, ou polícias, da sua própria nação, visto existir o perigo destes se solidarizarem com os revoltosos.

A EURO GENDFOR, por sua vez, graças às suas excepcionais atribuições de direitos civis e militares, não pode ser responsabilizada por ninguém.

Este cenário, que parece incrível, tornou-se agora possível através da entrada em vigor do TRATADO DE LISBOA, que não é mais do que a Constituição da UE sob novo título.»

http://www.grifo.com.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=292&Itemid=1

Esta noticia deixou-nos particularmente curiosos, tendo alguns dos emmbros ido investigar melhor e eis o que se descobriu acerca desta temática.

Esta força existe mesmo: http://www.eurogendfor.eu/ .

Reparem no que está escrito na página de introdução:

“The European Gendarmerie Force (EGF) is an initiative of 5 EU Member States – France, Italy, The Netherlands, Portugal and Spain – aimed at improving the crisis management capability in sensitive areas. Since Wednesday, 17th December 2008, the High Level Interdepartmental Committee Meeting (CIMIN) decided to welcome the Romanian Gendarmerie to become a full member of the EGF. Therefore the EGF consists from that moment of 6 member states.“

Iniciativa de Portugal?! Porque nunca ouvimos falar disto antes?!

”EGF responds to the need to rapidly conduct all the spectrum of civil security actions, either on its own or in parallel with the military intervention, by providing a multinational and effective tool. The EGF will facilitate the handling of crisis that require management by police forces, usually in a critical situation, also taking advantage from the experience already gained in the relevant peace-keeping missions.”

As suas funções são:

– Responder à necessidade imediata de conduzir todo o espectro da acções de segurança civil.

Como?

– Sozinhos ou em cooperação cm as forças militares intervenientes.

Reparem que são uma força multinacional, o mail está correcto também nesse ponto.

Based in Vicenza in the “Generale Chinotto” barracks, the EGF HQ is now developing a comprehensive and coherent operational system, which will permit to be ready in case of prompt deployment to crisis areas.”

O quartel general (HQ) está em Vicenza, Italia (confirma) e reforçam a prontidão das forças.

EGF goal is to provide the International Community with a valid and operational instrument for crisis management, first and foremost at disposal of EU, but also of other International Organizations, as NATO, UN and OSCE, and ad hoc coalitions.

Olhem só o objectivo:

Providenciar a Comunidade Internacional com um instrumento valido e operacional para a gestão de crises, à disposição total da UE, mas também para outras Organizações Internacionais, como a Nato, ONU e a OSCE e suas coligações.

Mas ainda há mais!

Vejam quem é o Comandante da Força!

É português?! E nunca passou nas noticias nacionais uma coisa destas?!

Segundo o site ele comanda desde 26/6/2009, cargo que deixará em 2011.

É da GNR! Agora se percebe porque é que escolhem a GNR para ir para manutenção de paz (como Bósnia, Timor, Afeganistão, Iraque, etç.) em vez das tropas mais especializadas…. Estão a treina-los em situações reais.

O homem é de Abrantes, tem 52 anos e veio do Regimento de Cavalaria, vejam o CV do personagem:

“As a high-ranking Officer he has been Territorial Group Commander, Head of the 3rd Territorial Brigade Operations and Information’s Office, Head of the 3rd Territorial Brigade Criminal Investigation Office, 3rd Territorial Brigade Chief of Staff and 3rd Territorial Brigade Deputy Commander (2000 – 2007). During 2006 he integrated the Working Group for the Reform of the Portuguese Internal Security System. From 2004 to 2007 he was Assistant Lecturer of Military Sociology at the Military Academy in Lisbon. From July 2007 till June 2009 he has been the European Gendarmerie Force Chief of Staff.”

He attended several courses related with Crisis Management Operations among them the United Nations Police Commander Course, the Strategic Planning for European Union Police Mission Course, the European Security and Defence Policy Orientation Course, the NATO Staff Officer Force Planning Course and the NATO Partnership for Peace Staff Officer Course.”

Ora bem vamos lá analisar o que podem fazer!

A nível estratégico:

– Fazer policiamento em operações de gestão de crise, com base nas conclusões dos Conselhos de Santa Maria da Feira e de Nice:

http://www.ena.lu/conclusions_nice_european_council_7_9_december_2000-02-17960

– Quem pode usar esta Força?

UE, ONU, OSCE, NATO, outras e coligações.

– Quem ordena?

A Estrutura de Comando é a CIMIN (Comité InterMiistériel de haut Niveau) composta pelos representantes dos responsáveis pelos Ministérios de cada Pais, que assegura coordenação político-militar, nomeia o Comandante da Força e provisiona-lhe directivas e orientações para o emprego.

Qual a estrutura da Força? (ver organograma no site:

http://pagina-um.blogspot.com/2010/03/eurogendfor-ordem-para-ocupar.html

E a nível táctico?

– A Força pode ser posta sob o comando quer tanto de autoridades militares como de civis, por forma, a assegurar a segurança publica, ordem publica e o funcionamento pleno das tarefas judiciais. (Entrega de alimentos, cuidados médicos não interessa!)

– Não é uma força permanente (é só para repor a ordem… a ordem deles, é uma Força de Intervenção).

– A força é formada num máximo de 800 oficiais de polícia, em menos de 30 dias. Para quem ainda não perceba como é que funciona, explicamos, existe um HQ permanente em Itália e quando necessitam formam uma força e essa é enviada para a crise, depois de fazer o que tem a fazer esta força é desmantelada.

Mas afinal o que é que eles tem a fazer?

– Missões gerais de segurança pública;

– Missões de manutenção da ordem publica, Combate ao crime;

– Investigação criminal (detecção, recolha, analise de informação);

– Processamento, protecção e assistência de indivíduos;

– Controlo de tráfego;

– Desactivação de explosivos;

– Combate ao terrorismo e crimes maiores e outros especializados;

– Armazenamento, gestão, recuperação e evacuação de equipamentos, transportes, ajuda médica (não se deixem enganar por este último ponto, pois reparem que não existe distribuição nem de propriamente a ajuda, apenas a organizam);

– Monitorizar e aconselhar a policia local no seu trabalho do dia-a-dia;

– Vigilância do público;

– Policiamento das fronteiras;

– Serviços secretos;

– Protecção de pessoas e propriedades (esta até é cómica! Vamos ver quem são essas pessoas e propriedades…);

– Treino de oficiais de polícia e de instrutores.

15 Responses to Exército Secreto Europeu – EUROGENDFOR

  1. FreedomSeeker diz:

    Boas,
    E obrigado pelo Post.

    Este Post é mesmo muito importante …e revoltante
    Já me tinham falado disto mas como ainda não tinha tido tempo para procurar mais info, ainda não tinha a certesa, mas agora tenho a prova de ser mesmo verdade.

    O inimigo continua a acelerar a movimentação das peças, como num xadres em que o jogador opositor (o povo) só se apercebe quando estiver em xeque-mate.

    A inércia das massas e a ignorância a que se agarram revoltam-me de tal forma que por vezes até duvido da minha própria sanidade mental.

    Claro que não ouvimos falar disto nos meios de comunicação pois estes já se venderam totalmente à elite, e todos os que o fizerem, serão postos de parte ou despedidos sobre uma enorme pressão a que poucos ou nenhuns resistem.

    Muitos dos que trabalham para manter a elite satisfeita, pensam certamente que também eles serão poupados à miseria que nos aguarda nos próximos tempos, não fazem ideia que serão os primeiros a ser descartados e até “apagados” devido aos conhecimentos que possuem.
    Muitos mais são completamente ignorantes em relação ao verdadeiro objectivo da elite.Pensam que esta forma de (des)informar sem levantar muito a bola é benéfico para construir uma sociedade mais justa e livre, quando na verdade, ajudam a construir os alicerces da maior e provavelmenta última tirania da história da Humanidade.

    É cada vez maior a nossa obrigação para com a humanidade e todas as formas de vida, de impedirmos a conclusão dos planos desses monstros que se julgam deuses.

    A elite tem de ser desmascarada e derrubada.

    Está na Hora de Acordar!!!

    Abraço

  2. Mats diz:

    Os secularistas europeus continuam a atacar os direitos fundamentais dos cidadãos.

    Isto é o que acontece quando pessoas que não temem o Deus da Bíblia chegam ao poder.

    Curioso que vocês ateus se estejam a queixar do que os ateus europeus andam a fazer.🙂 Fizeram a cama, agora durmam nela.

    Vejam:

    Líder Ateu Apercebe-se do que Significa o Fim do Cristianismo Europeu e Não Gosta do Que Se Avizinha

  3. jmct diz:

    Bem vindo outra vez Mats,

    como diz o mastiphal é bom voltar às origens.

    Antes de mais não me chames ateu🙂 não tenho nada a ver com isso.

    “Líder Ateu” ? Então agora há lideres ateus?

    Acho que o pessoal com mente religiosa continua a achar que os “ateus” são um grupo organizado como os crentes.

    Tu temes o teu Deus? Vives à base do medo? Consegues viver assim?

    Abraços

  4. Mats diz:

    JMCT,

    Acho que o pessoal com mente religiosa continua a achar que os “ateus” são um grupo organizado como os crentes.

    E são.

    Ateus juntam-se para discutir efeitos negativos da religião (excepto a sua, claro)

    Até tem a sua própria igreja:

    Proposta de Emprego Para Ateus

  5. jmct diz:

    Mats,

    Foi por estas que eu te pedi para não me chamares ateu.🙂

    Eu não me identifico com nenhuma das iniciativas ateístas que postaste, e até fico um bocado desiludido ao vê-las – se é que essa palavra faz sentido.

    Existem também uma Associação Portuguesa dos Ateus, o qual acho também uma estupidez.

    Nos casos que postastes, sem dúvida o “ateísmo” funciona como uma autêntica religião para essas pessoas – principalmente a igreja ateísta.

    Seja como for, pedia-te para não achares que os ateus pensam todos de modo igual.

    Mas vejo que ainda continuas muito focado na luta “deus” vs. “não deus”.

  6. Mats diz:

    Claro. Aliás, a grande questão da Humanidade é mesmo essa: Deus. A forma como a sociedade viver muda quando Ele é Relevante, e muda (para pior) quando Ele é Ignorado.

  7. FreedomSeeker diz:

    Boas

    Desculpa Mats mas temos toda a História da Igreja Católica para provar o contrário. A questão é que a Igreja tende a condicionar o conhecimento Humano e a controlar as massa, não permitindo qualquer
    ponto de vista contrário ao seu. A Igreja nunca soube acompanhar a evolução dos tempos, nem nunca o quis.
    Parece-me mais lógico aplicar a minha energia no meu crescimento interior sem medos e crenças fundadas em textos escritos por pessoas que nem haviam conhecido pessoalmente as personagens retratadas, e que ainda por cima são cópias das histórias de outros “filhos de Deus” anteriores a ele.
    E mesmo que esses textos tivessem qualquer ponta de verdade, poderiam ser adequados à época, mas não certamente aos tempos actuais após 2 mil anos de “evolução”.
    Será que nunca questionaste porque é que uma instituição que possui o mais rico estado do mundo, não faz absolutamente nada de relevante para ajudar verdadeiramente os pobres e necessitados? Apenas os indivíduos que isoladamente ou em pequenos grupos, com os seus próprios meios fazem algo para o bem do próximo. Que apesar da boa vontade dessas pessoas, a igreja que representam e amam se serve delas enquanto emriquesse desmesuradamente?
    Sabes que nem se consegue calcular a riquesa guardada dentro das paredes do vaticano?, Já para não falar na grande maioria das igrejas católicas do mundo são sua total propriedade, até o terreno por elas ocupado?
    Sabes quantas familias alimentavas com o dinheiro do ouro na coroa de talha dourada do mosteiro velho de Fátima?
    E quanto custou o carro do Papa?
    Será que não vês a hipócrisia de tudo isto?
    Será que não vês que as várias religiões sá espalham o ódio e a separação em vêz de amor e união?
    Não percebes que são apenas mais um instrumento nas mãos da elite para controlar as massas e enriquecer às nossas custas?
    Não é tudo isto tão óbvio?

    Se por eu ver isto sou também um ateu, pois que seja.
    Acho muito mais fácil compreender o mundo como ele é realmente, sem ter de recorrer a crenças de pessoas que viveram em tempos em que não se podia explicar cientificamente uma trovoada ou um sismo.
    Nesse tempos fazia muito sentido haver alguém lá em cima a controlar tudo o que acontecia, mas já não somos ignorantes ao ponto de vermos a realidade dessa forma.
    Claro que existem muitos fenómenos que a ciência ainda não explica totalmente, mas será certamente uma questão de tempo, como o foram todas as descobertas alcançadas pelo Homem até à actualidade.
    No entanto, também acredito que Deus existe, mas não o Deus da Bíblia. Deus é Amor, Amor incondicional por todos os seres vivos, sem destinção alguma de sexo, crença, cor ou orientação sexual. Mas não aprendi isto nas escrituras, mas sim na escola da vida.
    Acho que podes bem encontrar Deus sem teres de te condicionar com rituais e orações ou o saudosismo de recitar textos de tempos idos, que não têm a minima relevância na sociedade actual.

    Espero não ter sido demasiado frio nesta questão mas é a minha opinião sinsera.

    Claro que também aceito críticas.

    Abraço

  8. Mats diz:

    Freedom Seeker,
    A igreja católica fez os seus erros, mas nem se comparam com os erros do ateísmo.

    Um só ateu (Mao Tse Tung) matou mais seres humanos em menos de 50 anos do que toda a igreaj cristão em 2000 anos.

    Queres mesmo defender a tese de que o ateísmo é alternativa social superior ao cristianismo?

  9. jmct diz:

    Mats,

    continuas a cometer o erro de achares que o Mao Tse Tung representa alguma ideologia ou matou pessoas porque era ateu. Ou que todos os ateus são seguidores do Mao Tse Tung.

    É que uma coisa não tem mesmo nada a ver com a outra.

    E ninguém aqui falou no ateísmo como uma alternativa social.🙂

  10. Mats diz:

    JMCT,
    O comunismo é uma ideologia ateísta, e como tal, é legítimo eu usá-la como evidência dos males que o ateísmo pode causar numa sociedade.

    “O comunismo começa onde começa o ateísmo” – Karl Marx

  11. FreedomSeeker diz:

    Nem tão pouco falei no Ateismo como uma linha de pensamento ou uma ideologia.

    Acho que não deves ter lido todo o comentário com atenção, Mats.

    Nem tão pouco devias ver todos os ateus como comunistas e vice versa.

    A meu ver um ateu é alguem que não acredita que o mundo foi criado por uma entidade superior, que controla tudo e todos, mas sim criado pelas leis imutáveis da Naturesa.
    Se quisermos ver aí Deus, então não o deveriamos chamar Deus mas sim A Deusa Mãe Naturesa.

    E é precisamente nesse ponto que toda a fé cristã é abalada. Uma igreja totalmente patriarcal que apoia a condissão femenina como sendo inferior, quando é a mulher que dá à Luz, que amamenta e educa.
    Sabes que a Bíblia foi compilada por um imperador Romano recentemente e vantajosamente convertido ao cristianismo? Sabes que alguns dos textos excluídos falava por exemplo de homosexualidade (textos de Pedro nomeadamente), algo tão natural que existe em todo o reino animal mas que a tua querida igreja renega como sendo anti-natura?
    E estas informações não as fui buscar às páginas da net mas sim a um documentário muito respeitado e passado na tv pelo também muito respeitado Canal História?
    Ser ateu não é uma forma de vida, apenas uma conclusão óbvia a que a maioria das pessoas que pensa por sí própria chega. Nada mais.

    Claro que é muito mais confortável pensar que a morte não é o fim, mas sim o princípio.
    No entanto, se meditares sobre o assunto, verás que não havia espaço físico que contivesse o inferno, e que o céu estaria às moscas.

    E mais te digo que se Deus colocou Adão e Eva no paraíso, a culpa é toda d’Ele por lá ter posto também a cobra e a macieira. Não existe argumento que O desculpe por todos os erros que cometeu, pois se Ele é todo poderoso, todo mesericordioso e homnipotente, então é mesmo muito distraido, ou tem um sentido de humor macabro!

    E não penses que tenho medo desta “blasfémia”, pois se Deus existe e nos Ama, então Ele não julga os homens, são os homens que se julgam uns aos outros, e normalmente muito mal, pois esquecemos-nos de olhar ao espelho antes de criticar o próximo.

    Abraço

  12. jmct diz:

    A democracia é uma política cristã? Só mesmo para perceber o teu ponto de vista.

    E o facismo? é satanica?

    E a monarquia? tinha mais a ver com o quê?

    Mats

    um homem sábia disse-me uma vez,

    “vive em função do que gostas e não do que não gostas”

    vives a tua vida em função dos ateus.
    🙂

  13. jmct diz:

    Freedom,

    Vi o aquele filme que falaste, The Man Who Stares at Goats, só maçons pra cabeça…..

    Com filmes como este fico mesmo a pensar que realmente eles estão a tentar passar alguma mensagem porque o olho está mais do que documentado como sendo símbolo deles e no entanto aparece nos filmes como se nada fosse, mesmo.

    Isto só mesmo a título de curiosidade, nos últimos meses perdi mesmo grande interesse em maçons. Já aprendi que estão cá… agora que se *m. Mas no entanto é bom estar atento.

    Abraços

  14. pessa diz:

    Não é nenhum exército secreto. É a Força Europeia de Gendarmerias ( GNR, Guardia Civil espanhola, Carabineri italiana, Gendarmerias francesa e belga) e agregando tambem policias militarizadas de Marrocos e Turquia.

  15. Francisco Oliveira diz:

    Antes de publicarem estas afirmações, verifiquem a veracidade.
    .
    Para já não é um Exército secreto, mas sim uma força de polícia (GNR, Gendarmerie, Carabineri e Guardia Civil).
    Esta força é utilizada não para intervir nos países europeus, como aqui se afirma, mas sim para intervir em zonas de crise em que é necessário não uma força militar mas sim uma força com qualificação de polícia.
    .
    Esta força foi criada para substituir a força militar na Bósnia Herzegovina em que Portugal já estava a participar com uma força militar. Com a situação no terreno a melhorar, não havia necessidade de uma presença militar, mas sim policial à qual a União Europeia ficou responsável.
    .
    Como a UE não possuía uma força policial com essa capacidade foi criada a EUROGENFOR, na qual Portugal e mais 4 países (os mesmos que já estavam a actuar na BiH) fundaram.
    .
    E mais esta força não é secreta porque foi muito divulgada na altura da sua fundação e apesar de neste momento o Comando ser de um oficial português, não é o primeiro já que é de comando rotativo entre os países que a compõem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: