Recuperados 22 milhões de emails apagados pela administração Bush

22 milhões de emails apagados na Casa Branca, durante a invasão do Afeganistão e a preparação da guerra no Iraque, foram recuperados pelo Arquivo Norte-Americano de Segurança.

O Arquivo Norte-Americano de Segurança (NSA, sigla em inglês) anunciou hoje a recuperação de 22 milhões de correios electrónicos da Casa Branca que foram apagados durante a administração de George W. Bush.

Ao mesmo tempo, o Arquivo e a Organização de Cidadãos para a Responsabilidade e Ética em Washington (CREW) disseram que tinham chegado a um acordo com a Casa Branca para resolver a acção judicial que tinham apresentado contra o governo federal pela destruição de correios electrónicos durante a presidência Bush.

“Fizemos o nosso melhor para recuperar o número de correios electrónicos ou para os reconstruir com as cópias de segurança. O governo agora pode encontrar e pesquisar 22 milhões de correios a mais do que (podia) em 2005”, afirmou Kristen Lejnieks, advogada do Arquivo Norte-Americano de Segurança, citada em comunicado.

Ler mais deste artigo

Illuminazi 911

ILLUMINAZI_9_11_smIlluminazi 911, um filme da produção de Anthony J. Hilder. Já aqui tinhamos referido 911 A Maior Mentira Alguma Vez Vendida, um outro filme do mesmo autor.

Illuminazi 911 foi gravado ainda em 2001 após os atentados. O filme leva-nos a uma breve abordagem aos Illuminati, quem são, e o que estão neste momento a fazer na América. Nomadamente o filme centra-se em mostrar as ligações entre os actuais governos americanos e o regime Nazi de Hitler, especialmente a família Bush. A cima de tudo tenta mostrar como a América é cada vez mais um país sob um regime completamente facista e Nazi. Leis que foram aprovadas e que tiram completamente a liberdade aos cidadãos. O uso de atentados terroristas para impor tais leis. Subjugar uma nação pelo medo e não pela lei. E claro o envolvimento do governo e de agências como a CIA e o FBI nesses mesmo atentados.

Ficamos com este pequeno clip onde o Bush pai apresentou ao mundo a ideia da Nova Ordem Mundial quando eleito presidente dos EUA.

Ler mais deste artigo