Aparição de Nossa Senhora em Sevilha

No passado mês de Janeiro, ao passar de carro ao largo de Sevilha (Espanha), olhei pela janela e vi uma luz grande e mística que se erguia no céu.

A Luz não era suportada por nenhuma estrutura, era forte e brilhante e esta apenas a pairar no ar. Era branca e tinha raiozinhos que saiam do centro mais brilhante.

Ler mais deste artigo

Anúncios

Waking Life

“Acordando a vida” talvez esta seja uma possível tradução, mas talvez não seja correcto traduzir este filme – Waking Life.

Um filme filosófico, cujas imagens surgem como animações flash. Bastante diferente. Calmo, profundo.. vale muito a pena ver. Far-vos-á reflectir.

Fica o link para as legendas em português aqui.

Reflexo da Estupidez Humana

Muito Porreiro!!

Macacos…

Cabeça de cão viva sem corpo. Rivêndo animais mortos.

O filme que se seguem a baixo pode ser chocante, tanto no seu conteúdo de imagem como, e talvez até mais, naquilo que representa.

O filme relata experiências soviéticas levadas a cabo pelo Dr. S.S. Bryukhonenko, na década de 30’s no Instituto de Fisiologia e Terapia Experimental na U.R.S.S.. O filme é relatado pelo Biólogo J.B.S. Haldane). Num pequeno resumo, o filme relata como orgão caninos, coração e pulmões foram perfundidos e mantidos vivos fora do corpo original. O relato passa depois para uma parte mais chocante onde uma cabeça de cão é mantida viva por alimentação artificial. Na parte final do filme, é relatado como um cão, após 10 minutos morto é devolto à vida por infusão de sangue.

Ler mais deste artigo

O que é o Conhecimento?

Conhecimento

Neste argumento vou apresentar a minha reflexão sobre o conhecimento, que tenho vindo a estudar, vou dividi-lo por partes, pois tornou-se um estudo bastante complexo e diversificado, por isso não quero criar um discurso excessivamente prolixo.

O que é o conhecimento? Muitos de nós utilizamos vezes sem conta este termo e o seu conceito está bem presente no nosso quotidiano. O conhecimento é o facto mais banal e misterioso, muitas pessoas, mesmo instruídas, acumulam durante toda a sua vida um número infinito de conhecimentos sem nunca reflectirem sobre o próprio acto de conhecer. O facto de, por vezes, não existirem respostas claras para uma dada situação, ou as ideias sobre ela se desdobrarem em múltiplas teorias, leva-nos necessariamente a perguntar pelos fundamentos e limites do conhecimento. Será possível conhecer? Haverá verdade no conhecimento? De facto, todos nós temos uma opinião sobre algo que traduzimos em conhecimento, mas teremos nós a certeza desse conhecimento ser verdadeiro? Ler mais deste artigo