Zeitgeist Guia de Orientação Activista (Activist Orientation Guide)

Fevereiro de 2009 o Movimento Zeitgeist lançou, juntamente com o Projecto Vénus, um documento com o objectivo de melhor esclarecer e orientar o movimento activista ‘Zeitgeist’.

O documento esclarece melhor os pontos abordados no filme Addendum e adiciona muito mais informação à já divulgada. Juntamente com o documento em texto vem uma apresentação orientada à divulgação e conferências.

EDIT (14 Maio 2009):

The Zeitgeist Movement: Guida de Orientação

Filme com Legendas Online http://dotsub.com/view/a34fba0d-4016-4807-b255-021b58dbc9a4

Torrent .avi

Legendas para o .avi

É de extrema importância e urgência divulgar o máximo possível este tipo de assuntos e discussão. O futuro da nossa sociedade é jogado e decidido todos os dias pelos mesmo soberanos de há aproximadamente 100 anos. Todos os dias trabalhamos como zoombies sem dedicar um único pensamento à nossa sociedade. Não podemos ser como o povo de outrora que se contenta com pão e circo! Esses valores têm de ser ultrapassados.

É importante divulgar e trazer à superfície as fraudes e corrupções do nosso sistema social actual. O nosso sistema não é nada mais nada menos que um sistema económico pró-elite. E a elite não é o presidente. Esse é uma marioneta. Não consigo agora avançar toda a informação que um documento como este trás mas vou tentar deixar alguns pontos no ar para tentar despertar-vos o interesse.

O nosso sistema é tão justo e humano que é possível fazer vida sem ter trabalho, basta ter dinheiro e dinheiro por si só rende mais riqueza. Mas que riqueza é esta afinal que vem do ar e não vem do trabalho? De onde vêm os juros que me são dados de 6 em 6 meses por ter uma conta na caixa? Se eu não trabalhei para esses juros de onde eles vêm? Directamente dos impostos daqueles que têm menos do que eu. Porque é que ainda tenho uma conta no banco com estas características… não sei… porque é que tens tu?

O dinheiro que usamos hoje em dia é dinheiro criado por instituições PRIVADAS. Então porque é que tu tens de aceitar o dinheiro que ‘eu’ crio? Porque existe uma lei que diz que o dinheiro criado pelo PRIVADO Banco Central pode ser usado como moeda de troca e, por isso, tem valor no pagamento de dívidas. Mas porque é que somos obrigados a aceitar dinheiro que um privado fez em casa?

Passamos a vida a discutir votos, esquerdas e direitas.. e nem nos apercebemos que esses conceitos estão mais que ultrapassados… Imaginamos uma nação como uma cúpula. Onde o povo escolhe o seu líder e este governa a cúpula.. Mas de nada servem os votos do povo! De nada servem porque o dinheiro de uma nação vem dos bolsos DOS PRIVADOS! Dos PRIVADOS que escolhem quanto dinheiro querem dar e quando querem dar!! As nossas nações são todas manipuladas por PRIVADOS!! Privados que podiam ser tu ou eu mas não somos… são outros.. mas continuam a ser PRIVADOS. Oh porra.. onde é que anda o povo no meio disto? Onde é que anda a humanidade? O conceito de que uma nação, supostamente livre, depende das decisões de um privado que lhe é alheio foi das consciencializações que mais me chocou em toda a minha vida.

Do que tenho lido sobre o Projecto de Vénus acho que realmente se apresenta como uma possível solução para o nosso sistema. E uma solução agora representa exactamente quebrar com tudo o que está actualmente estabelecido. Qualquer pequeno refugo que sobre desta sociedade actual será uma pedra no sapato para a nova sociedade e cultura emergente!

Não existe ‘Natureza Humana’, e mesmo que exista, ela é completamente condicionada pelo ambiente no qual o indivíduo vive! Não há razão a priori para uma sociedade como a proposta pelo Projecto de Vénus não resultar a partida.

A grade questão é… iremos a tempo de mudar o rumo das coisas? Principalmente agora… que na última cimeira do G20 já se falou da ‘Nova Ordem Mundial’ como resolução dos problemas financeiros? Reparem que a resolução dos problemas actuais é continuarmos na mesma… Ah… desculpem… não é na mesma.. é com mais uns quantos impostos..

Espero que estes assuntos deixem de ser TABUS e passem a ser discutíveis. Que as pessoas não se amedrontem nem desistam! Há que seguir em frente, há que estar informado e, a cima de tudo, há que estar preparado para abdicar dos valores antigos.. para repensar tudo e ir à raiz dos problemas.

27 Responses to Zeitgeist Guia de Orientação Activista (Activist Orientation Guide)

  1. rogeriopfm diz:

    O ser humano tem demasiada plasticidade psicológica para dizermos qual é a sua natureza, pelo menos a natureza comportamental.
    Cheers!

  2. Não discordo, mas apenas diria para não entrar em grande conflito, que o ser Humano é complexo.(ponto)

    Cheers!

  3. Dizeres que o ser humano é complexo chegas a que conclusão? Mais precisamente, chegas a que conclusão em relação à nossa sociedade e à possibilidade de mudarmos de estrutura social?

    Havera mesmo natureza Humana? E mesmo que haja natureza humana, essa natureza impossibilitar-nos-a de vivermos em paz caso haja condições que o permitam?

  4. Man, o dizer simplesmente que o ser humano é complexo, quer dizer isso mesmo. Chegar a uma conclusão nesse sentido era portanto uma etapa muito mais complexa. Dentro deste apontamento não ponho em causa a formação duma nova estrutura social, penso aliás que é possivel por existir essa complexidade. Outro animal provavelmente só o faria com isolamento geográfico ou tranferência horizontal de modos vivenciais, mas o ser humano consegue vencer essa barreira espaço tempo sem essas limitações.
    Quanto à natureza Humana, não posso responder a essa pergunta, mas o meu pensamento empírico diz-me que existe algo de comum e natural que nos destingue como seres Humanos!
    A paz…! Tal como o Krishnamurti diz, o ser humano é naturalmente agressivo, possessivo, bruto e competitivo… a viragem dessas características passa por uma mudança de mentalidade! Mas Paz realmente, só acontecerá quando o ser humano preferir viver num mundo de igualdade. E apesar de parecer tudo muito bonito, não acredito que hajam muitas pessoas que queiram viver num mundo assim, e falo mesmo dos mais necessitados. A competição é algo que nos está tão intrínseco já, que tirar isso a um individuo era a pior do que viver preso.
    A mudança nunca é fácil, mas é uma alternativa!

  5. Hey dude! Vamos lá batalhar nisto então!

    Krishnamurti não diz que o Humano é naturalmente bruto e agressivo. Se te referes às palavras dele na parte que aparece no Addedum, o que ele diz é o Humano ainda é, ou ainda continua a ser, o que era.. bruto.. agressivo. Não diz que é alguma cena intrínseca.

    Em relação à competição.. acho que podemos definir dois tipos de competição, aquele competição saudável, e a competição não saudável. Acho que ambos sabemos do que estamos a falar. A meu ver, a competição não saudável, que leva por exemplo, um homem a roubar quando tem fome é algo que não se iria sentir muita falta caso fosse erradicado da sociedade. A chave está em criares uma sociedade onde esse tipo de competição não traga qualquer benefício. De que te serviria a ti seres corrupto se não beneficiasses nada com isso? A única razão pela qual há corrupção nesta sociedade é porque esses actos são lucrativos, há benefícios, e, por isso, acontecem. E à roubos porque há escassez, e porque há necessidades. Por mais bem educada que fosse uma pessoa, se a deixássemos só com a roupa no meio de uma cidade certamente que ela iria começar a roubar e a fazer tudo para sobreviver. Não é uma questão de natureza.. é uma questão de ambiente. Por isso mandei a experiência dos macacos no outro dia para o mail. Mas vou postá-la aqui também.

    Concordo contigo, a mudança nunca é fácil, contudo pode acontecer muito rápido. No entanto, não ser fácil não significa que não se tente.

    Abraço [][]

  6. 4zbruno diz:

    Lol…li por ai “conhecimento empírico”, só quero deixar um alerta para esse tipo de conhecimento e a sua validade.

    “Conhecimento empírico” é informação que chega aos nossos órgãos sensoriais através da percepção que se dividem em impressões (sensações, emoções) e ideias (imagens, representações mentais), estas são enviadas ao nosso cérebro, tratadas e armazenadas como “conhecimento”. Existe posteriormente um outro processo de “tratamento” dessa informação, mas já não tem nada a ver com os órgãos sensoriais.

    Então que conhecimento é esse que os sentidos me dão? Se eu estiver numa sala de aula o que dá cor as mesas e cadeiras não são as luzes que lhes reflectem? Se apagar a luz as cores não se alteram? As pessoas de cor branca só são brancas porque o sol lhes reflecte e nós recebemos essa informação!? Quando vamos a uma discoteca vejo pessoas de muitas cores por momentos. Posso dizer que o conhecimento empírico me diz, que as pessoas mudam de cor consoante o meio? =)

    É a razão que nos aproxima da realidade! Mas a experiência é imprescindível para conhecermos, e é unicamente devido às limitações da experiência a que estamos sujeitos que não podemos ter a pretensão de conhecer objectos como Deus, a Alma ou o Mundo enquanto totalidade.

    Se o ser Humano é naturalmente agressivo, possessivo, bruto e competitivo, então pergunto onde estão os genes com a informação que manifestem essas características subjectivas. Acho que no Zeitgueist o próprio diz que o ser Humano não nasce assim, mas aprende tudo isso na sociedade. A psicologia trata esse tema e dá-lhe o nome de Neotenia, que é o inacabamento biológico do ser Humano, que depois se completa no meio.

    “No plano físico, o ser humano apresenta um inacabamento biológico que se designa por neotenia: atraso no desenvolvimento que faz com que o individuo se desenvolva mais devagar, dependendo, durante muito mais tempo, dos adultos, porque é preciso ensinar-lhe a comer, a andar, a falar, etc. O processo de desenvolvimento do cérebro (cerebralização) está ligado ao retardamento ontogenético, isto é, ao prolongamento do período da infância e da adolescência. São os genes de desenvolvimento, de que já falámos, que fazem do ser humano um ser neoténico, isto é, um animail em que há um prolongamento da morfologia juvenil até à idade adulta. Alguns autores utilizam o termo “juvenilização” para designar este processo.”

  7. Oi pá! Bem vindo!

    Leste ‘conhecimento empírico’ onde? Não discordo com a tua definição de ‘conhecimento empírico’ mas eu acrescentava também, o conhecimento que se obtem através da prática. Reescrevo que acrescentava, não que alterava.

    No teu exemplo das cores, poderás dizer que as pessoas mudam de cor consoante o meio. Neste caso entra a definição de cor. Aqui estou a definir cor como a luz que uma matéria emite quando irradiada por outra luz. A luz branca não é mais do que a soma de todas as cores do visivel. Se irradiares uma folha de papel branco com luz branca ela vai ser branca, se irradiares com luz vermelha ela vai ser vermelha. O papel muda de cor? Muda. Mas a radiação de luz que atinge o papel muda também. No entanto os nossos olhos dão-nos a mesma informação, que neste caso é o comprimento de onda que o papel está a emitir ou, mais precisamente, a reflectir. No caso do escuro, só vais ver os objectos que emitirem cor por si próprios, sendo que não há luz no escuro os objectos que só reflectem luz não se vêm. Apenas quis completar o teu exemplo. No entanto estou totalmente de acordo com a subjectividade das pessoas. Mas no caso das máquinas de filmar não há subjectividades.

    A razão é uma forma de abordares a experiência que adquiriste. Num exemplo muito básico, tens a experiência de que chove. Se a abordares essa informação experimental sob um ponto de vista religioso, então chove porque Deus existe. Se abordares sob um ponto de vista racional, então chove porque talvez a pressão atmosférica baixo um pouco (não sei a razão certa do porquê de chover). Atenção que isto foi um exemplo, não estou a dizer que as pessoas religiosas acreditam que chove porqué é Deus.

    Em relação ao gene da competição, eu acredito que ele NÃO está.🙂 Mesmo que houvesse algum gene que desenvolvesse uma característica fisiológica que dé-se a uma pessoa mais propensão para ser agressiva, essa propensão seria ainda perfeitamente contornada pelo meio em que a pessoa se insere. Tou completamente de acordo contigo e com o que é dito no Zeitgeist sobre este assunto.

    “(…) conhecer objectos como Deus, a Alma ou o Mundo equanto totalidade”. Epá, até fiquei surpreendido! Estou completamente de acordo contigo! Já aceitei tudo como sendo algo natural e, portanto, se é natural é alcansável e possível de se compreender. Não sei se os nossos cérebros estarão preparados para isso.. mas se não.. lá chegaremos! As pessoas ainda vivem, como sempre viveram, agarradas a ideia de que «a sociedade nunca vai evoluir mais do que o que está». Lembrem-se que já se pensava assim no século XVI…

    Acho que a tua abordagem psicológica está porreira (sem querer estar a ser avaliador). Já pensaste em juntar isso a um conhecimento mais neurobiológico? Morfologia cerebral, funcionamento dos neurónios, por exemplo? Acho que vais mesmo gostar de ler o livro que tou a ler agora, “A Alma está no Cérebro”.

    Abraço

  8. André Ferreira diz:

    Sou bem pessimista diante este assunto. Se a Bíblia fosse sagrada não haveria dúvidas disso… E quem a segue (na maioria das vezes…) não está disposta a discutir esse assunto. No Brasil existe um ditado : “Politica, futebol e religião não se discute”… não falar sobre política só é bom para os políticos, que não quer ninguem tendo idéias mirabolantes comprometendo seus benefícios. O futebol uma atividades completamente segregadora, pois as pessoas brigam e perdem tempo e energia que deveriam estar voltados para política e a religião. E finalmente a religião. Se todos conversassem de maneira aberta e justa já não haveria mais religião que errou quando defendeu por séculos que era o Sol que girava em torno da Terra o que dirá sobre nossas origens ou nosso futuro.

    Pra concluir… Um raciocínio básico…
    Classificando nossos atos em neutros, bons ou ruins. Como você acha que está os atos da humanidade ? Isso mesmo…. Péssimo…

    Isso porque não somos racionais. Os racionais conhecem suas responsabilidades e sabem que fazemos parte de um mesmo todo. Nunca seremos racionais enquanto houver a indeferença para com as mazelas do planeta, dos animais e dos próprios humanos. Isso é entender que aquela pessoa com fome, pode ser a mesma que vai roubar seu filho para alimentar o dele. Somos todos um só ser e infelizmente bem longe de ser racional. Brigamos pelas melhores femeas, territórios e alimentos… Então o que nos difere dos animais…. Simplismente nada ! Seremos humanos racionais quando tratarmos todos os seres e recursos com o respeito que lhe são devidos.

    Por que sou pessimista ? Simples em uma sociedades onde classes e castas sempre existiram não vão abrir mão de uma nova visão para o mundo. Querem o dinheiro (um pedaço de papel…) para dominar-mos. Então pergunto… Por que devo pagar para morar, comer e para tantas outras coisas sendo que eu nascí neste planeta logo tenho direito a usufruir de seus frutos sem pagar absolutamente nada ! Isso pode parecer uma visão comunista mais não é… É uma visão humana ! Só que somos tão limitados e acomodados que não enxergamos a possibilidade de viver sem o dinheiro que é o que nos difere nos dias de hoje. Mais somos todos iguais e quem tem posses e bens jamais abririam mão de seu status apenas para ter um mundo mais digno, justo e igualitário. Todas as tentativas de abolir o sistema monetário fracassaram não por ingerencia mais por boicote e sabotagem (CIA, FBI e etc…). Assim com uma nação inteira abolindo o dinheiro aquele país mais rico perderia parte de seu mercado, e pior se funcionasse, muitos outros veriam que é possível e seguiriam o mesmo caminho diminuindo cada vez mais seu poder de barganha e influencia mundial.

    Diante disso apenas um colapso de recursos ou uma catastrofe de proporção mundial mudaria essa mentalidade, pois nessa altura que estamos com tantos conceitos prontos sem brecha para questionar, tantas discrepâncias e contradições. Ao ver que não precisavamos de tudo aquilo (dinheiro). Começariamos um novo modelo porque o modelo atual dificilta as mudanças pela razão acimas citadas. Obrigado pela atençao ! Volto em breve… Abraço para todos. Pois a evolução é irreversível.

  9. André, grande comentário!

    Concordo plenamente contigo.

    Ainda temos um primeiro mundo que vive às custas dum terceiro sem nem sequer se aperceber.

    Abraço!

  10. hugo fernandes diz:

    o comportamente humano é determinado pelo ambiente.

    Não existe nada para discutir.

    eu estava num ambiente e era uma pessoa parva, hoje sou diferente pq fui incluido noutro ambiente completmente diferente, e foi ai que percebi que nao existe natureza humana.

    Zeitgeist veio para nos salvar finalmente.

  11. nandosektor diz:

    eu por exemplo tive educacao religiosa, mas desde q comecei a ver certos docs sobre evolucao,astronomia. perdi por assim dizer a fe na religiao. mas isso nao descartou a ideia de um criador.
    ha inumeras possibilidades para a nossa origem. em relacao ao movimento zeitgeist, a historia diz q, para o povo ganhar grandes causas tem de ter o apoio dos militares (ex. 25 de abril). nao estou a falar das altas patentes mas do simples soldado.acho q quando for necessario eles estarao do nosso lado.
    em relacao a economia baseada em recursos, acho q e a unica possivel no futuro.
    penso q o mundo em breve tera q pensar no controlo de natalidade.
    ja somos quase 7 bilioes e o planeta embora grande , tem um limite.
    vou continuar o divulgar , espero q todos facam o mesmo.
    fiquem bem.

  12. Boas nandosektor,

    eu não concordo muito com controlo de natalidade.. acho que se poderiam encontrar outras formas para resolver o problema. Aliás, tu dás o controlo de natalidade como a solução para um problema. Posso perguntar-te qual é ele?

    Pensar em coisas com o ‘controlo de natalidade’ é fácil quando pensamos nos outros.. mas já tentaste aplicar esse conceito a ti? Talvez um dia tu queiras ter um filho e não possas devido ao ‘controlo de natalidade’.

    Pensa nisso, diz-me qq coisa.

    Abraços

  13. Pedro Pr diz:

    Este projecto é o futuro da sociedade mundial, contudo acho que nao vou estar cá para assistir a este novo programa.
    Li atentamente todos os comentários e re-comentários e tenho a dizer que fiquei surpreendido, com os pontos de observação feitos e as facilidades técnicas de várias vertentes aqui mencionadas.
    1º racionalidade animal – concordo, que o homem não se pode considerar racional, já que este nao respeita e concilia o espaço natural, nao respeita os recursos que dispõem, não e racional porque não consegue por de lado o conceito de superioridade e competitividade, qualquer animal dado como irracional reage assim, por isso o homem é ainda um pseudo racional. somos irracionais porque continuam a morrer pessoas à fome, somos irracionais porque somos gananciosos, somos irracionais porque até por mudança ficamos sentados, quando o 3º mundo é explorado pelas potencias. etc.
    2º Poder Totalitário Anónimo – a poucos dias discutia sobre qual as várias posições no mundo de várias nações, já viram como se comporta os EUA, Russia, Europa Elite, China ?? Angola enquanto colonia em desenvolvimento nenhum (poucos) habitante passava fome, havia recursos, havia ouro, havia uma infinidade coisas, sabem quem subsidiava as Milicias ?? É obvio esses mesmos. O que resta hoje desse pais antes denominado de rico em todos os pontos? Minas, fome, poder concentrado num homem riquissimo e a população esta completamente formatada, só para dizer que a história é como quem a quer que se escreva… o mundo esta corroido, agora percebo o porque da exitações dos grandes quando Portugal se alistou na ONU e era reprimido com o sistema que tinha, ainda hoje acontece em vários locais… Serra Leoa, Somalia, e uns quantos paises africanos e não só. Quem beneficia ?? Os mesmos de sempre
    3º Precisamos de Da Vincis e NostreDamus, pois a inquisição no seu plano de multidão já foi, hoje é mais subtil e secreta!!
    4º Será um tema que precisa de começar a dar os primeiros passos nos midia, TV, Debates, Jornais… é necessário mais foruns, ainda muitas pessoas desconhecem este projecto.

    Obrigado, espero ver este mundo melhor, racionalidade, e humanismo sobretudo…

    Porque o mundo é a nossa casa.

  14. Paulo diz:

    Senhores e senhoras:

    Reflitam só!
    Uma das fontes de informação deste documentário (ZEITGEIST), se baseia no livro entitulado A DOUTRINA SECRETA cuja autora é HELENA PETROVNA BLAVATSKY, conhecida SATANISTA, fundadora da SOCIEDADE TEOSÓFICA.
    Sua obra foi adorada e cultuada por todas as ELITES e MONARQUIAS EUROPÉIAS e pior ainda, por ninguem menos que ADOLF HITLER e POR TODOS OFICIAIS DAS SS ALEMÃ, TODOS COM BELA REPUTAÇÃO P/ COM A HUMANIDADE (arc.). Também, é literatura obrigatória aos MAÇONS DE GRAUS ELEVADOS.

    PESSOAL, POR MAIS QUE VOCÊS NÃO QUEIRAM VER E ACEITAR, ESTAMOS NO MEIO DE UMA GUERRA, E ELA É ENTRE O BEM E O MAL, O AMOR E O MEDO, ENTRE DEUS E SATANÁS, POIS TUDO É DUALIDADE (QUENTE E FRIO, EM BAIXO E EM CIMA, POSITIVO E NEGATIVO E ETC).
    PROCUREM SABER O QUE SÃO OS ILLUMINATI, QUEM É O SATANISTA ALEX CROWLEI, OS PROTOCOLOS DOS SABIOS DE SIÃO, A MAÇONARIA, A VERDADE SOBRE O 11 DE SETEMBRO, O SIONISMO, A NOVA ORDEM MUNDIAL, A BABILONIA RESTAURADA (MOEDA, GOVERNO E RELIGIÃO MUNDIAIS) ATRAVÉS DO RENASCIMENTO DO IMPÉRIO ROMANO.
    Vocês sabiam que a ELITE MUNDIAL (os Rockfeller, os Rotschild, JP Morgan, as Monarquias do mundo inteiro e outros) criaram a farsa do aquecimento global PARA POR A CULPA EM NÓS O POVO, E CRIAREM UM NOVO IMPOSTO SOBRE O AR QUE RESPIRAMOS? POIS, JÁ PAGAMOS O CONSUMO E IMPOSTOS S/ A ÁGUA QUE TOMAMOS. Se vc pesquisar, achará dados de cientistas, dizendo que todos os planetas do sistema solar, estão aumentando sua temperatura; POR CONCLUSÃO ÓBVIA A TERRA NÃO ESCAPA..
    Vcs sabiam que eles provocaram a 1ª, a 2ª, e irão provocar a 3ª guerra mundial?
    Vcs sabiam que eles estão tramando através da ONU (CODEX ALIMENTARIUS e muitos outros meios), REDUZIR A POPULAÇÃO DO PLANETA INTEIRO EM MAIS DE 80%? E é apenas o começo.
    Vcs sabiam que o mundo é governado por uma elite global cuja descendência e herança consangüínea remonta, aos reis babilônicos, egipicios, gregos, romanos, e a MAÇONARIA NADA MAIS É DO QUE AGENTES CONSTRUTORES DESTAS SOCIEDADES ESCRAVOCRATAS PARA OS INTERESSES DESTA ELITE. E A SOCIEDADE DOS DIAS DE HOJE TAMBÉM É ESCRAVOCRATA, AFINAL A HISTÓRIA DO MUNDO DIZ QUE O POVO SEMPRE FOI OPRIMIDO E OBRIGADO A PAGAR ALTOS IMPOSTOS AOS SEUS REIS, IGUAIL AOS DIAS DE HOJE, POIS HOJE É REI O DONO DO GRANDE CAPITAL (BANQUEIROS) NÃO É MESMO? A SOCIEDADE E O GOVERNO DE HOJE, SÃO A EVOLUÇÃO DOS MEIOS E FINS DAS ANTERIORES, POIS NOSSA LIBERDADE É ILUSÓRIA.

    AGORA VOS DIGO:
    SABEM DONDE TUDO ISTO JÁ ESTAVA ESCRITO E NOS ADVERTINDO?
    NA NOSSA BÍBLIA; APOCALIPSE DE JOÃO. IRÔNICO, NÃO É?

    Se interessar à alguem, procure no youtube as paginas dos usuários:
    ALMILOC
    SIPIRITTVONLINE
    VERDADEOCULTA
    E OUTROS..

    QUE A PAZ E A LUZ DE DEUS E NOSSO SENHOR JESUS, NOS GUIEM EM SABEDORIA E DISCERNIMENTO PELA VERDADE..

  15. rpfm diz:

    Foda-se pá tem calma com o caps lock…

    Mas ainda bem que referes isso, é bom saber que andas a investigar as coisas.

    A maior parte das coisas que referes são já investigados e tema de conversa habitual do pessoal que frequenta os Z foruns.
    Há sempre alguns activistas que são como rebanho do autor dos docs (talvez por serem membros recentes e por ainda sentirem um choque emocional pelos docs), mas a maioria revela pensar por si próprios e chegam até a criticar construtivamente o Peter Joseph bem como com o resto dos activistas. Muitos estão mesmo a criar espontâneamente (faz remanescer o self-assembly da matéria) iniciativas direccionadas a melhorar toda a vida humana bem como criação de novo media para espalhar estas ideias, denunciar abusos e apontar para uma sociedade mais sustentável e sã. Apenas todos juntos conseguimos.
    Ou é para o bem de todos ou é só para alguns.

    Estamos a elaborar um guião para um documentário mais próximo da realidade portuguesa e europeia. É um projecto com os activistas de portugal. Muitos entusiastas por expor fraudes e apontar pontos de melhoria da nossa sociedade.

    Tem calma pá que o Zeitgeist não é uma oligarquia. No dia em que se torna numa, a maioria dos membros iria criar o(s) seu(s) próprio(s) movimento(s).
    Com o movimento a palavra de ordem é o opensource e o meio de chegar lá é a descentralização. O objectivo é uma redundância optimizada, equilibrada entre sustentabilidade e fiabilidade.

    P.S. Paulo, tu que és cientista pensa bem se realmente acreditas na existência do BEM e do MAL. O nosso mundo não é feito de absolutos. O nosso mundo não é simples, é complexo.

    P.P.S. E a bíblia é um plágio de mitos anteriores, e é infinitamente plástica em termos de interpretações por isso não a leves demasiado a sério.

    P.P.P.S Já agora, viste a apresentação que o Peter fez na universidade no Iowa? Gostava de saber o que achaste. Um dia poderei ser um dos que faz palestras também, por isso é bom arranjar o máximo de feedback.

  16. Paulo diz:

    Resposta a RPFM.
    Olá, e desculpe pelo capslock.. rsrsrs
    Mas eram quase 4:00 da Matina. Mesmo assim desculpas..

    Observe uma coisa:
    Em Zeitgeist, há uma declaração como se fosse uma acusação de AARON RUSSO contra os Rockfeller, à respeito do 11/09, e consequentemente os fatos da invasão do Afeganistão e Iraque, não é?
    Este sujeito se dizia amigo dos Rockfeller. Agora, o que o autor de Zeitgeist não expõe, é que AARON RUSSO, foi diretor e produtor de um filme comédia chamado se não me engano de TROCANDO as BOLAS, que retrata a vida dos operadores da bolsa de valores, e o mais surpreendente, o enredo do filme se passa no World Trade Center, a data de produção do filme é anterior a 11/09/2001, e no decorrer do filme a varias alusões diretas ao 11 de setembro. BIZARRO!!! Isso quer dizer que havia conhecimento prévio dos acontecimentos.
    E este filme não é o único, nos ultimos 30 anos Hollywood embutiu várias alusões ao 11/09.
    Se tu quiseres, tenho um vídeo coletânea de todos os filmes que trazem em seu conteúdo o 11/09.
    Zeitgeist e Zeitgeist addendun só retratam de concreto, verdadeiro e imparcial, a mecanica econômica-monetária x conflitos x guerras.
    Acho que você (RPFM), tem boas intensões, mas pelos 9 anos que pesquiso, e tento montar um quadro generalista do nosso mundo, tenho certeza que o stabilishment esta por trás de zeitgeist, encabeçando aqueles do rebanho que se desviam e acordam da hipnose em massa, para o movimento nova era, entre eles o projeto Venus.
    O Projeto Venus coloca tecnologias inovadoras e tais, mas elas são de propriedade da ELITE que nos escraviza e nos engana.
    Eu vi de tudo e ja fiz minha conclusão sobre as coisas deste mundo, inclusive a veracidade do zeitgeist refutado. Comecei como um descrente e como um racionalista, e a própria razão dos fatos me levou ao Bendito livro chamado BIBLIA, é libertador.
    Abraços e entendimentos..

  17. jmct diz:

    Bom comentário Paulo,

    Gostei de referires o Zeitgeist como fazendo parte da elite. Seria engraçado chegarmos a essa conclusão. Os assuntos que falaste não são novos aqui no Blog. Gostava de ouvir a tua opinião perante os outros assuntos que aqui debatemos. Se te poderes ir mantendo por cá seria muito positivo.

    Gostei de ouvir a evolução do teu pensamento que terminou na Bíblia. Não sei se por Bíblia entendes Deus. A minha evolução do pensamento nestes assuntos levou-me a uma componente um pouco mais humana e introspectiva.

    Não te posso dar razão já, mas sinto-me impelido para dizer isto: Por alguma razão nunca fiz muitas referências aqui ao Projeto Venus nem a quaisquer movimentos.

    Penso que talvez filmes como o Zeitgeist façam a verdadeira “selecção” entre as pessoas. Penso que quem tenha captado a verdadeira mensagem do Zeitgeist não fará parte desse rebanho. E sim, muita gente actua como rebanho do movimento Z. Seja como for, penso que isso também faz parte da maturidade da pessoa no seio destes assuntos.

    Gostava que desses uma leitura nisto que escrevi, e me desses a tua opinião se quiseres.

    https://odetriunfante.wordpress.com/2009/11/26/na-procura-da-consciencializacao/

  18. rpfm diz:

    Paulo, a Bíblia pode te parecer libertadora mas as organizações religiosas que a usam são sistemas hierárquicos, logo, elitistas!

    Se tu queres ajudar o mundo, junta-te a nós por favor, tens muito boas ideias e informação valiosa que todos os nossos companheiros da Terra gostariam muito de ver e ouvir.

    Participa no fórum zeitgeist, tenho a certeza que não te vais arrepender pois há lá muita gente de expressão portuguesa (tanto de portugal como do brasil bem como os outros países de expressão portuguesa).
    Aqui podes encontrar o link para o site em português que tem acesso ao fórum. Participa e expõe as tuas ideias. Se queremos uma sociedade livre temos de deixar de nos isolar!

    http://www.thezeitgeistmovement.com/joomla/index.php?option=com_content&view=article&id=158&setLang=pt-BR&Itemid=368

    Todos são convidados a participar nesta colossal tarefa de melhoria global. Nenhum é inferior ou deixado para trás. Todos são mestres e estudantes simultaneamente.

    Acho que pessoas como tu ajudariam na elaboração da nova geração de documentários, que serão projectos da comunidade e portanto menos sujeitos a intervenção elitista

  19. Paulo diz:

    Resposta a JMCT:

    Vemos por todas as mídias hoje em dia, ataques filosóficos por parte de especialistas intitulados PHD´s nos assuntos religiosos, contra o cristianismo, o judaísmo e o islamismo, pois bem, reparem que são religiões que tratam do mesmo DEUS único criador de tudo que existe.
    Nas escolas aprendemos, sobre as cruzadas contra os mulçumanos e as perseguições contra os judeus, criando em nós uma gama de sentimentos negativos. O que é omitido nisto tudo principalmente por parte dos MIDIA STABILISHMENT (grupos proprietários dos meios de mídias, como TV, jornais e editoras, sendo os estipuladores do que e como será ensinado nas escolas e que se tornará uma verdade publica), era o governo daquela época, chamado Igreja Católica Apostólica Romana seguida dos reis da Europa.
    Agora vou fazer uma análise histórica sobre esta “maldita” instituição denominada Igreja Católica.
    O seu nascimento se deu perto do colapso e fim do império romano, se não me engano à partir de 300 dc, antes disso o cristianismo como religião era estruturada em comunidades e se assemelhava muito ao judaísmo e era praticado nas casas dos próprios fiéis, sem uma centralização de comando. O que ninguém diz, é que aquele tempo se assemelha em demasia com os dias de hoje, onde vemos uma sociedade monetarista, escravizada pelo crédito – divida, catalogada pelo CENSO, assolada por altos impostos-tributos e um sistema econômico e de consumo dominado pela elite capitalista, uma falsa democracia, imposta a todos e baseando seu funcionamento e perpetuidade através de pão e circo às massas pobres, leis partidárias à elite, e pelo uso da força militar.
    Esta sociedade como sistema, só funciona devido aos seguintes fatores:
    a) Perpetuação de classes sociais – econômicas, onde p/ a grande massa é imposto a miséria, ignorância e grandes fardos a serem carregados.
    b) Sistemas de crenças ilusórias p/ o povo baseado no sucesso da elite, onde o povo se espelhava na elite e tentava imitá-la (individualidade, a cobiça e inveja pelos bens dos outros, e soberba pelo status social).
    c) O tratamento dos indivíduos como recursos, e não como pessoas seres humanos.
    d) A sexualidade vulgarizada e exposta ao publico como luxuria (Orgias, surubas e etc).
    e) A vingança e irá sendo abrandada pela “HONRA”.
    f) Uma máquina militar, alimentada pelos miseráveis que se alistavam e se tornavam legionários. Promessas por parte do exercito de conhecer o mundo, novas pessoas se especializar em uma profissão e etc (igual a publicidade dos exércitos de hoje, principalmente o americano)
    g) Uma religião p/ cada atividade romana, por exemplo, havia a Religião do DEUS MITRA, cujas doutrinas autorizavam matar por matar, ou seja, matar sem culpa, esta era a principal crença entre os soldados romanos. “Matar é errado? Claro que não, o DEUS MITRA autoriza”. “Realizar orgias, ser promiscuo e vulgar, é errado? Claro que não, A DEUSA ISIS=VENUS, diz que isto é fertilidade, então pode.”

    E voltando ao contexto daquele tempo, o povo, a massa estava oprimida, cansada e desiludida, se depara com os mandamentos de JESUS e a simplicidade, nobreza e a divindade de suas palavras, que representam totalmente, o oposto da contenda romana.
    Logo, a maior parte do povo, dentro dos limites do império, aderiu a esta nova religião, e seguiram seus mandamentos.
    Baseado nos mandamentos, ninguém iria mais se alistar no exército, porque “não matarás seu semelhante”, o sistema crédito – divida perdeu sua ênfase e força, pois “não cobiçaras, não terás inveja, e não desejarás o materialismo”, e ai vai.
    Vocês conseguiram captar o sentido, ou seja, a dualidade entre filosofia romana x filosofia cristã.
    Vendo que a queda do império era eminente, começaram as perseguições contra os cristãos, a fim de extinguir tal sistema de crenças que anulava a maquina romana. Como não surgiu efeito as perseguições, a ELITE ROMANA mudou sua tática, pois o que importa é encabeçar a massa, o povo, ou seja, aboliram todas as outras religiões pagãs e instituíram o cristianismo como a religião oficial do estado romano, e o imperador como o papa, pontífice supremo. Na verdade apenas trocaram o nome das coisas. O verdadeiro império fétido romano nunca morreu, ele evolui e se escondeu nas sombras da ignorância que a própria igreja impôs com as inquisições, perseguições e concílios, aos quais se intitulava “única e verdadeira interprete dos mandamentos da bíblia autorizada por DEUS, com direito de guerra, acumulo de riquezas, colonização de novas terras, extermínio daqueles que interpretavam a seu modo os mandamentos, direito de alterar, incluir e subtrair o conteúdo bíblico (santos, imagens de adoração, desvio de doutrina p/ MARIA mãe de Jesus=SEMIRAMIS=DIANA “deusa da babilônia”, a seu próprio interesse e conveniência, tornando Jesus “LARANJA de seus ATOS”.
    Concluímos, a partir disso, que a mão de ferro tirana e opressora Romana, apenas se camuflou nas palavras de Jesus Cristo.
    Agora vos digo em ética e moral: O que Jesus Cristo tem de responsabilidade com as atrocidades históricas cometidas em seu nome?
    Se alguém quiser, tenho muito o que dizer e explicar. Basta perguntar.
    Abraços, verdade e entendimento.

  20. Paulo diz:

    Rpfm:
    Claro que a troca de idéias é construtivo. Passei nove anos pesquisando e juntando tudo, e hoje tenho uma visão abrangente, generalista das coisas deste mundo.
    Ajuntei uma grana e investi numa empresa, me demiti do meu emprego, p/ poder me dedicar integralmente a pesquisa e divulgação das conclusões.
    Podemos sim, montar um DOCUMENTÁRIO. Eu sou soldado da luz e do esclarecimento.
    Mas antes peço a você que faça uma coisa p/ um desenrolar racional espiritual deste mundo.
    Você conhece o HEXAGRAMA, simbolo de varias coisas, mais conhecido pela bandeira de ISRAEL. Tenha em mente o desenho e sua geometria, agora com ele em mente, da forma mais protegida possível, olhe p/ o sol ou uma lampada e me diga qual a geometria dos raios que saem da luz.
    Depois com o hexagrama + o pentagrama (estrela de 5 pontas)em mente olhe a geometria de uma flor. Depois me diga se há semelhanças?
    Um abraço.

  21. rpfm diz:

    Paulo obrigado pela demonstração de boa fé.

    Eu tenho noção que vemos essas figuras geometricas repetidamente devido à proporção áurea, “golden ratio” ou Phi que é aproximadamente 1,61803399.


    Proporção áurea: a razão entre a+b e a coincide com a razão entre a e b.


    O pentagrama é obtido traçando-se as diagonais de um pentágono regular. O pentágono menor, formado pelas interseções das diagonais, está em proporção com o pentágono maior, de onde se originou o pentagrama. A razão entre as medidas dos lados dos dois pentágonos é igual ao quadrado da razão áurea.

    Devido à proporção aurea imagens semelhantes podem ser produzidas pelo nosso universo tais como as seguintes:


    A natureza encontrou utilidade nesta proporcionalidade e os judeus são um povo interessado pela matemática.

    Gostava de te convidar ao google Wave para veres em pessoa aquilo que já desenvolvemos para o documentário para os portugueses. Tenho a certeza que podes te inspirar para se quiseres fazer um documentário para o povo brasileiro ou até para o povo global.
    Gostavas de um convite?

    Temos de começar por algum lado né

  22. jmct diz:

    Gostei dessa amostragem do búzio e das plantas e galáxias e as formas semelhantes que aquirem. Acredito que o mesmo efeito é responsável por todas elas. Se existem as leis do universo para os níveis de energia electrónicos e tudo por aí fora, essas mesmas leis que se aplicam no mundo quantico devem ter certamente a sua reflexão no mundo macroscópico. Não podem ser dois mundos separados.

    Em relação à história da Igreja Católica Paulo, ambos concordamos em relação à tirania de religiões intitucionais. Em relação à presença de Jesus na Terra talvez discordemos.

    Seja como for, quer Jesus tenha existido ou não, não penso que seja de Idolos que o nosso caminho deva ser iluminado.

  23. Garcia diz:

    Boas pessoal. Gostei de ler todas estas opiniões acima. Gosto bastante da forma como o zeitgeist aborda o sistema actual, monetarismo e a sua solução(principalmente) pois já me sentia aborrecida por ler certas críticas sociais(bem fundamentadas) mas sem soluções serem apresentadas. Quando o vi, agradecendo o conhecimento a um contacto que fiz por internet chamado Ragna que me aconselhou vê-lo porque estava-mos a ter um debate acerca de mitologia, sinceramente, a minha perspectiva em relação ao mundo foi confirmada(apesar de acreditar que muitos como eu sentiam o mesmo). Inclusive, achei logo que todo o mundo deveria ver o documentario. Um professor meu, passado uns mesitos virou-se e disse: “agora, vamos ver um documentário” qual não é o meu espanto quando … é isso mesmo, zeitgesit nas salas de aula.

    Quando abordo acerca do documentario com amigos meus, que têm a mesma opinião positiva em relação ao documentário, alguns deles referem uma possibilidade de que o movimento pretenda algo “por trás da cortina” que nós não sabemos e a conversa fica por aí.

    Eu, sinceramente não quero que isso seja verdade(assim como eles e todos vocês acredito), realmente quero um despertar de consciencia e também uma solução aplicável e pratica(mas porque é que só apresentam uma unica possibilidade – o projecto venus? – será que com tanta informação mitologica, assim como de economia, etc, etc. não existirá mais informação diversa em relação a outros projectos os quais nós possamos “escolher”? e tirar a nossa opinião?) Bom, isto parece-me: Muitos problemas – uma solução!!!

    Suponha-mos então que realmente existe um despertar de conscienca global (coisa que a elite sabe que já está a acontecer e temem que todos nos organize-mos sem que tenham controlo sobre nós), nessa altura, no verdadeiro Momento Z, todos estamos de novo “reagrupados”, certo?. Tendo esta imagem de grupo unico, complecto sem “ovelhas negras”, será mais facil controlar. Já pensaram nisso? Como sabemos nós que o imperio global, economico, social, religioso(uma adoração comum), a nova ordem mundial como queiram chamar, não será formado pelo senhor “Jaques Fresco” e “Peter Joseph”? Quais sao as certezas de que não há aqui um bluff? Como temos nós a certeza de que a “futura cidade” prototipo do projecto venus não será o futuro centro da Nova Ordem Mundial. Enquanto todos lutam contra isso, será exactamente isso que estará a ser formado á nossa frente, com o nosso consentimento e mais uma vez não sabe-mos… gozam connosco. Como na 6 parte do “Wake up call” que está no youtube: “Fools!”

    Sem nos aperceber-mos, da mesma forma, temos um líder, uma solução prática, inventada por humanos também é claro. Qual é a mente evoluida que quer largar mão da tecnologia? Partindo do principio comum de que “mente evoluidA=tecnologia”(não digo o contrário).

    Já pensaram bem que existe algo contraditório ao ser feita uma colheita de mestres como gandhi, para comparações, quando esse mesmo mestre escreveu algo como “Cada dia a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, não havia pobreza no mundo e ninguém morreria de fome.” Será que o projecto venus está realmente interessado apenas no que é necessário? Não quero com isto dizer que devemos abrir mão da tecnologia, mas já repararam como o projecto se foca demasiado no bem-estar humano?(Comida, protecção, controle a todos os níveis). ´Já repararm que os grandes mestres nunca fizeram e inventaram nada por dinheiro, como referido no zeitgeist claro, logo, bem-estar material? Nunca procuraram o controle da natureza mas sim a sua compreensão. Sabiam que existe actualmente um Programa de Pesquisa chamado Haarp com a capacidade de controlo mental, provocar catastrofes atmosfericas como terremotos, etc. etc.? Como irão influenciar a mente populacional de forma eficaz se cada um pensa por si? Claro que convém reagrupar as mentes na “mesma frequencia” e depois inserir(através da nossa magnifica tecnologia) determinadas ondas radioelectricas para que fiquemos “melhor sintonizados”. já pensaram nessa possibilidade?

    Peço desculpa por este comentário longo, realmente antes sentia-me um pouco perdida porque as “boas pessoas” nao se juntavam por si. Agora sinto-me numa especie de panico ao pensar que muito provavelmente, resolveram fazer isso por nós, antes que o fizésse-mos, com o objectivo de nos controlarem melhor(eláá…existe um site e tudo onde se pode ter acesso a todos os movimentos zeitgeist, existem até “projectos pessoais” que apesar de terem a intenção de despertar a mente na mesma direcção, não são “pertencentes ao grupo”, exclusão? não…!) Cuidado com o fanatismo. Acho impotante despertarmo-nos uns aos outros, mas daí a aceitar um projecto ao qual nos mostram apenas “algumas coisas” acerca dele(como sempre) poderá nao ser o bom caminho.

    Mais uma vez o humano tem medo de abdicar da sua segurança e bens materiais, porque quando o Z day vier(lol – esta frase ‘tá linda), será preciso haver um controle na população, e quem será o líder? Acho que já existe um, dando-nos a ilusão de que teremos controle.

  24. jmct diz:

    Olá Garcia,

    Bem vinda, e muito bom comentário.

    Antes de mais quero que saibas que este blog é super dinâmico, e que por isso o facto de um post ser aqui portado não significa que não venha a ser refutado uns tempos depois.

    Em relação ao Zeitgeist e ao movimento Z:

    Não quero dizer que sou contra, porque não sou contra nada, mas eu pessoalmente não faço parte nem quero estar associado ao Movimento Z ou outro qualquer movimento que seja.

    Pessoalmente, já estive mais dentro do Movimento e da Loucura Zeitgeist, mas com o tempo vim a aperceber-me que a solução não esta na apresentada pelo projecto venus, alias muito longe disso.

    A percebi-me também que não é necessário “os bons”, “as pessoas acordadas” juntarem-se para nada. Essa ideia de que “é necessário todos nos juntarmos para combater o sistema” a meu ver, actualmente, está errada, e por ai não se chega a lado nenhum.

    Contudo, é verdade que o Zeitgeist despertou-me para uma serie de assuntos que, provavelmente, nunca teria tido acesso a eles se não tivesse visto o filme. Mas…

    … uma mente que não mude de ideias com o tempo, uma mente que não mude a sua perspectiva com o tempo em relação ao que a rodeia, então é uma mente adormecida.

    Quem acreditar que o Zeitgeist eh o final da solução… eu acho que esta longe do que as coisas realmente são.

    Disseste no teu comentário que “não querias acreditar que o movimento Zeitgeist fosse mais um método de controlo”, pelo que gostas de pensar que o Z esta aqui mesmo para nos salvar, certo?

    Acreditar, seja no que for, é de si um erro. As coisas são como são, e devem ser vistas como realmente são, tudo o resto é mentira. Se o movimento Z for mais uma farsa então é genial que nós tomemos consciência disso, não achas?

    Por exemplo, sabes quem é o Alex Jones, certo? Um dos grandes “teóricos da conspiração”. Eu cada vez acho mais que ele está completamente dentro do esquema. E não sou o único a pensar isso, pela net fora encontras muitas outras pessoas com a mesma ideia.

    Há uns tempos saiu um documentário sobre a vida do Peter Joseph, o autor do Zeitgeist. Eu nem consegui ver o documentário, pois só o facto de ter sido feito para exaltar o homem eu senti que era uma coisa tão “Avé meu líder” que perdi completamente o interesse e ainda fiquei com mais a ideia de que o MZ é mais uma coisa de rebanhos para crianças.

    Vou ficar por aqui agora, se por acaso chegares a ler o minha resposta, terei todo o gosto em continuar a conversa.
    🙂

  25. Garcia diz:

    Boas Jmct, obrigado pela resposta, de vez em quando vinha aqui para ver se alguém me apresentava qq argumento que fizesse com que eu acreditasse no projecto Venus como impossivel de ser prejudicial(a 1º sensação que tive ao ve-lo pela 1ª vez). Mas tendo em conta que é um projecto desenhado para a dependencia, cada vez menos acredito nele. Apesar de tudo, apesar de nao acreditar no caracter holistico do projecto venus como ele está a ser apresentado, da mesma forma de que tu despertas-te para certos assuntos derivado ao acesso ao documentario, o mesmo aconteceu comigo e acredito q com mts outras pessoas). De qq das formas é bom as pessoas estarem informadas. Por acaso, pretendendo eu ajudar nesse aspecto de consciencialização combinei com uma antiga professora minha de psicologia para lhe entregar o documentario(I e II) pretendendo que ela o apresentasse em todas as suas turmas, caso achasse viável. Espero q o mostre.

    Em relação qd disse que nao queria acreditar que o MZ fosse mais um metodo de controlo, realmente gostaria de pensar, não que o MZ estaria aqui para nos salvar como concluis-te, mas que pelo menos as intenções seriam boas de igual forma para todos. Isto porque não acredito num salvamento, mas sim numa mudança que terá que inevitavelmente acontecer para que não cheguemos ao fim da nossa existencia como raça de uma forma tão absurda e acho que nisso todos concordamos.

    Fiquei interessada em saber qual a solução que indicas haver, estando muito longe do projecto venus, visto estar muito longe disso. Ou o padrão que acreditas estar na solução. Assim como as razões que te levaram a concluir que o facto de “todos nos juntarmos para combater o sistema” é uma forma errada de procedimento. Gostaria que apresentasses isso, não porque eu discorde, mas porque terei muito gosto em receber essa informação.

    E….bolas! “Acreditar, seja no que for, é de si um erro. As coisas são como são, e devem ser vistas como realmente são, tudo o resto é mentira.” -> Não compreendi o que queres dizer com isto. Quando falas em “Acreditar, seja no que for”, referes-te ao quê? Acho que generalizas-te demasiado, fazendo com que eu ficasse a ponderar ser varias realidades.

    Em relação ao Alex Jones… a cara desse homem de vez em quando lá aparece em teorias da conspiração, é uma verdade. Mas sinceramente nunca me despertou interesse por ele, sendo que o proprio tom de voz do homem liga uma parte do meu cerebro que diz: “Ai… pronto, já chega de me tentares vender isso!”.

    Em relação ao Peter Joseph… não sei se te referes a um mini-doc., em que ele fala acerca dele e do surgimento do zeitgeist, mas penso que nao seja esse de que falas… esse foi o unico que vi e o primeiro impacto que tive foi: “Ufa…pelo menos existe quem dê a cara pelo documentario, assim já se torna mais real… e pelo menos o homem não tem más intençoes, o pobrezinho até fartou-se de gastar dinheiro para se sentir bem em fazer alguma coisa de útil – um bom investimento. (Pelos vistos tinha a certeza, mesmo antes de jogar o doc. na net, que ele iria ser visto por uma quantidade absurda de pessoas e valia a pena gastar tanto dinheiro).” Claro está, o homem fala bem, é sereno e isso ajuda http://www.youtube.com/watch?v=DHcjcgwn8Sc E muitas pessoas ficar-se-ão pelos primeiros impactos. =\

  26. jmct diz:

    Olá Garcia, vamos lá então dar seguimento à coisa🙂

    Não é que eu não pense que um Projecto como o Projecto de Vénus não venha a ser viável na sociedade. Uma economia baseada nos recursos, talvez funcione. Provavelmente seria bem melhor que a nossa. Mas acho que há qualquer coisa que falta na apresentação do projecto Vénus.

    Basicamente o que é que eles apresentam? Uma mudança social, da estrutura social.

    A ideia é também apresentada como um mundo de felicidade, ou, pelo menos, é dirigida de forma a que o público é levado nessa ideia. Não é à toa que o Peter Joseph é profissional de publicidade, se não estou em erro.

    E penso que o erro vem exactamente daí, de as pessoas acharem que com essa sociedade de painéis solares e bombas de água vão ter a felicidade eterna.

    E, no final, apela-se mais à consciencialização para a mudança exterior, a mudança social, do que para a mudança interior.

    Se a nossa sociedade mudasse agora completamente de sistema económico, quais seriam as verdadeiras diferenças? Será que não continuariam a haver coisas para manter a ganância das pessoas? O PJ e o JF apelam para a remoção das coisas que provocam a ganância das pessoas, em vez de se direccionar a atenção para a ganância em si.

    O que eu quero dizer, antes que fique mais confuso nas palavras, é que não é a mudança social e económica que deve preceder a mudança nas pessoas, por assim dizer. É exactamente o contrário.

    Não há nenhum padrão na solução🙂 A solução é complexa e não te consigo apresentá-la como um método, mas poderemos tentar com um começo:

    “Quais foram as coisas que mudaste na tua vida depois de veres o Zeitgeist?”

    Quando eu disse que “acreditar seja no que for era um erro” não estava a generalizar demasiado, estava mesmo a querer englobar tudo. Quando acreditamos numa coisa o que é que estamos fazer?

    Estamos a projectar uma realidade, que pode não ser real, e que automaticamente nos impede de ver as coisas como realmente são. Tentado dar um pequeno exemplo, se acreditarmos que o PV é uma coisa “boa” nunca seremos capazes de ver o quão corruptos eles poderão ser, simplesmente porque estamos agarrados à nossa própria projecção, o tal “acreditar”.

    Quando acreditas numa coisa passas a viver numa ilusão que tu própria criastes. Ver as coisas como elas realmente são é muito mais bonito e importante. E as coisas como elas são podem ser coisas mesmo muito boas, adoptando agora uma linguagem mais normal.

    Eu teria “gostado” mais do Zeitgeist se o autor nunca tivesse dado a cara e coisa tivesse ficado pela ideia e crescido a partir daí. A partir do momento em que se dá a cara, está-se a criar um líder, é muito difícil isso não acontecer. E é por sempre terem havido líderes que o mundo está como está.

    Para mim Movimentos são acções em bandos, o chamado efeito turba. Logo as ideias de que daí advém são ideias corrompidas pela exaltação e pelo ânimo. Que apenas vêm um caminho, o seu. E indo mais longe ainda, o erro está na própria essência de um movimento, que não é outra do que combater. Os movimentos são criados para combater e lutar.

    Chega de violência.

    De que te serve fazeres parte do movimento Z se depois chegas a casa e gritas com a teu/tua companheiro(a)? De que te serve seres do movimento Z e depois não sabes ouvir quem te rodeia. Um Movimento cria apenas mais separação, aqueles que fazem parte do Movimento e aqueles que não fazem parte do Movimento, seja ele qual for. E foi através da separação que chegámos onde chegámos, achas que é através dela que vamos sair daqui?

    E pronto, agora dou-te a palavra😉

  27. kalenda diz:

    Viva aos dois,

    Sem me querer intrometer demasiado na vossa conversa, quero apenas partilhar aqui alguma coisa sobre o que dizem.

    Eu mostrei os filmes Z a algumas pessoas, e todas me disseram algo do género: … foi tudo muito porreiro até que apareceu o tal projecto (VP). Um até me disse no gozo vais ver que vem ai uma nova onda de timesharing (mais evoluída … claro).

    Aparece também lá pelo meio, um pequeno excerto de um filme a preto e branco em que fala um Sr. chamado de Jiddu Krishnamurti (JK). Tentem conhecer um pouco melhor JK e analisem se ele acharia interessante ver-se incluído neste filme.

    Abraço,

    Kalenda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: