A menina que calou o mundo em 5 minutos

Sevem Suzuki, representou aqui nesta conferencia internacional a entidade não governamental ECO (Environmental Children’s Organization) que na altura tinha apenas 4 membros. Ela e mais 3 amigas…

Este episódio ocoreu durante a Conferencia das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (UNCED), realizada entre 3 e 14 de Junho de 1992 no Rio de Janeiro. O evento contou com a presença de 172 governos e 108 chefes de estado, e ainda com a repesentação de 2400 ONG’s e 17000 pessoas. Desta conferencia resultou um tratado chamado Agenda 21 que visa o combate aos impactos que um Homem tem no meio ambiente.

O que se tem feito sobre isto desde então?

NADA

Vejam o vídeo, ele fala por sí só…

Anúncios

Arte urbana alusiva à “Crise”

Trabalho a troco de queijo

Eu crise, tu crise, ele crise (...) Eles riem

Os ricos e poderosos mijão (cagam) sobre nós, e os media dizem que está a chover

Boa Crise, e um feliz medo novo

"Deixem-nos comer crack" alusão à frase da rainha Marie Antoinette (Sigam o link da imagem)

Fica com o troco, eu quero é mudança

Tempos dificeis

Eu não acredito no aquecimento global

A maioria dos Sem abrigo seguem em frente, mas os seus problemas não foram embora

Alusão aos gráficos financeiros

Capitalismo (TM)

A economia morreu, viva a crise

O governo mente, os bancos roubam, os ricos riem

O mercado não funciona correctamente

Não há ajudas para ti! Escravo da banca

Bancos americanos dão uma “ajudinha” à Grecia

Depois de a Grécia já estar na mira dos líderes europeus, por andar a falsificar as estatísticas do défice orçamental para 2009, desencadeando assim um descalabro económico na dívida pública que esta a por em causa o próprio euro, desta vez, a descoberta foi o uso de operações complexas com o apoio dos lobbys de Wall Street.

As transacções denominadas de “Swaps” são produtos derivados assentes em contratos que podem ser de moeda ou mesmo activos financeiros, estes produtos financeiros podem ser usados para protecção ou simplesmente como investimento especulativo como foi o caso da recente crise económica mundial em que foram usados como ‘activos tóxicos’. Nos ‘swaps’ ambas as partes comprometem-se a pagar a oscilação da taxa de juro ou do valor do activo que lhe esteja associado.

Basicamente os bancos emprestavam dinheiro ao governo para este demonstrar nas comissões europeias que estava bem financeiramente de forma a poder manter o défice nos 3.0 e assim não receber sanções por parte da Europa.

Segundo noticia o NYTIMES estas transações já aconteceram em 2001 para apoiar a Grécia a entrar no mercado único do Euro.

Chemtrails – Avião caído na China

Aqui vos deixo com este artigo – http://preventdisease.com/news/09/113009_CIA_operated_H1N1_aerial_spraying_plane_shot_down.shtml

E com este vídeo do canal do You Tube TheMorpheusbrasil, que contém a tradução do artigo referido.

Alex Jones – Pronunciamento: Relatório Governo Mundial

Um pequeno vídeo de Alex Jones sobre o Encontro de Copenhaga, a agenda que saiu à luz do dia e os avanços em direcção à Nova Ordem Mundial. Traduzido em Português. Do blog Revelatti.

Ricardo Salgado tem pena de receber menos em 2010…

E agora uma história nacional.

Esta tarde Ricardo Salgado, Presidente do BES afirmou que a banca nacional teve um “comportamento espectacular nesta crise. Compreendo que o Estado queira moralizar a acção dos banqueiros. Mas hoje, passado um ano, é possível distinguir o trigo do joio” e disse ter pena que “o Estado português tenha agravado os impostos à banca”.

“Tenho pena que o Estado português tenha tomado esta decisão”, diz Salgado sobre a tributação dos prémios dos gestores. A proposta do Orçamento Geral do Estado para 2010, apresentada ontem pelo Governo, propôe um agravamento da carga fiscal para a banca em vários níveis. Uma taxa autónoma de IRC de 35% e um imposto de 50% dos bónus dos banqueiros atribuídos em 2010 são algumas das propostas em cima da mesa.

Salgado alertou para o risco de inconstitucionalidade e fuga de gestores para países que não adoptaram essa medida.
O Banco Espírito Santo (BES) fechou 2009 com um lucro líquido 522 milhões de euros, número acima das projecções dos analistas.

Defacto 522 milhões de euros dão para comprar muito trigo…

O que não estamos a ouvir acerca do Haiti: petróleo

Mastiphal, parece que este artigo responde ao teu comentário. E claro a muitas das nossas dúvidas. Parece que já há uma razão para a HAARP ter actuado.

“Há prova de que os Estados Unidos descobriram petróleo no Haiti décadas atrás e que devido a circunstâncias geopolíticas e a interesses do big business foi tomada a decisão de manter o petróleo haitiano na reserva para quando o do Médio Oriente escasseasse. Isto é pormenorizado pelo dr. Georges Michel num artigo datado de 27/Março/2004 em que esboça a história das explorações e das reservas de petróleo no Haiti, bem como na investigação do dr. Ginette e Daniel Mathurin.

Também há boa evidência de que estas mesmas grandes companhias de petróleo estado-unidenses e seus monopólios inter-relacionados de engenharia e empreiteiros da defesa fez planos, décadas atrás, para utilizar portos de águas profundas do Haiti tanto para refinarias de petróleo como para desenvolver parques de tancagem ou reservatórios onde o petróleo bruto pudesse ser armazenado e posteriormente transferido para pequenos petroleiros a fim de atender portos dos EUA e do Caribe. Isto é pormenorizado num documento acerca da Dunn Plantation em Fort Liberté , no Haiti.Continuar a ler… (Resistir.info)

Encontrei o artigo no blog “A Tribuna

Terramoto no Haiti – Resultado da HAARP? Mais comentários.

Boas,

Antes de mais devo dizer que a informação que se segue foi proporcionada pelo rpfm.

Já todos sabemos do que se passou no Haiti, e para aqueles que conhecem o projecto HAARP, e similares, já nos questionámos se o terramoto no Haiti terá sido resultado proporcionado desta tecnologia. Até agora já vimos como Hugo Chávez acusou directamente a América pelo sismo. Vimos também como as equipas pacíficas de resgate estão a ter dificuldades em actuar devido à presença dos «marines» Norte Americanos, obviamente carregados com armas até aos dentes, supostamente para ajudar os desamparados. Parece que pelos vistos os EUA inundaram o Haiti com as suas tropas, e como sempre as suas operações tornaram-se “segredo nacional”.

Ficam aqui mais uns comentários e opiniões que encontrámos. Quero com isto dizer que são apenas comentário e opiniões que achamos interessantes em partilhar com mais gente pois poderão ser bons pontos de partida para futuras investigações.

Ler mais deste artigo

Copenhaga, mais um prego no nosso caixão.

Como tem sido noticiado últimamente está a decorrer em Copenhaga uma Cimeira Mundial que conta com a participação de cerca de 100 governos, de forma a rectificar o Protocolo de Quioto. Tudo isto até seria muito bom, se não fosse o Protocolo de Quioto a sorte grande, o de Copenhaga a terminação… No mau sentido claro está!

Uma fuga de informação viu hoje a luz do dia e está a por em causa tudo aquilo que nos têm levado a crer com Quioto e como este novo encontro.

Um esboço que se acredita foi já mostrado e acordado com nações como o Reino Unído, Estados Unídos, proposto pelos próprios anfitriões da cimeira, surgiu como uma fuga de informação, e onde se coloca como fasquia o aumento de apenas 2 graus célcius na temperatura do planeta, uma redução das emissões dos transportes aéreos e navais, e um corte de até 50% nas emissões de carbono até 2050. Tudo isto era porreiro, não fosse esse corte de 50% suportado maioritariamente pelos paises em desenvolvimento, contrariando assim o Protocolo de Quioto que dava permissas aos paises mais pobres em poderem desenvolver-se e emitirem gáses nocivos para atmosfera e por sua vez os mais desenvolvidos contrapunham na balança menos emissões de forma a tudo ficar mais ou menos nívelados.

As nações sub-desenvolvidas receiam então que o documento, caso seja aprovado, os limites não sejam impostos através do nível de desenvolvimento e da população, mas sim através de acordos que estejam na conformidade e que respeitem o critério impostos pelos países mais desenvolvidos.

Depois de o jornal britânico “The Guardian” ter publicado o chamado documento dinamarquês, as negociações entraram em crise no segundo dia da cimeira. Os países em desenvolvimento terão ficado enfurecidos com as informações de que na próxima semana os líderes mundiais iriam ser confrontados com um acordo que prevê a entrega de mais poder aos países ricos, e que iria dar às Nações Unidas um papel mais lateral nas futuras negociações sobre as alterações climáticas.

Os países em desenvolvimento queixam-se, nomeadamente, de que serão fixados limites desiguais para as emissões de carbono em 2050, dando aos mais ricos a possibilidade de emitir praticamente o dobro do que seria aceite para os países em desenvolvimento. Esta seria uma enorme inversão do princípio do protocolo de Quioto que determina que são os países desenvolvidos que mais têm de agir para reduzir as emissões de CO2.

Para além disso, prevê-se que o controlo financeiro das alterações climáticas seja entregue ao Banco Mundial, abandona-se o Protocolo de Quioto, quando o que muitos defendiam era a sua extensão já que é o único tratado internacional vinculativo sobre os cortes das emissões; e torna-se o dinheiro destinado a ajudar os países pobres dependente de um conjunto de medidas a serem tomadas.

Podem ver o tal esboço através do Site do The Guardian, isto é… Enquanto for possível visualiza-lo.

O que os políticos fazem nos encontros

Climategate

Bom vamos lá postar em acta o acontecimento. Muito rapidamente:

Pode começar-se a pesquisa por aqui. Actualmente um resumo poderá ser consultado aqui. Fica aqui também mais uma análise. Um outro link relacionado.

Uma revisão em inglês.

Pode ser feito o download dos ficheiros aqui ou aqui. Para fazer uma busca directamente nos textos use este link. Links do Carbono.

Em relação à nossa imprensa parece que têm andado calados [link1 e link2]. De vez em quando há umas escapadelas, aqui fica a noitícia do jornal i. EDIT: A notícia agora no Expresso.

Um link interessante sobre a Oligarquia (OVigia) e a revisão do rpfm.

Fica aqui um Documentário muito interessante para ver sobre o Aquecimento Global.

Não tenho tido grande cabeça para seguir o assunto, mas quero deixar-vos aqui o mínimo de links para seguirem as vossas investigações.

Obrigado malta do Blogroll Nacional, sou vosso leitor todos os dias.

Intel quer pôr implantes no cérebro dos utilizadores…em 2020

Esta é uma transcrissão de um artigo publicado no site da Exame Informática. Uma notícia ao qual nós na Ode Triunfante não podiamos ficar alheios, e consequentemente preocupados:

Investigadores da Intel querem utilizar as ondas cerebrais para controlar computadores, televisões e os mais variados gadgets.

Não, não é ficção científica. Investigadores dos laboratórios da Intel em Pittsburgh, Estados Unidos, estão a desenvolver implantes cerebrais que vão permitir controlar uma série de equipamentos. Os cientistas prevêem que os consumidores vão ajustar-se rapidamente à ideia. Aliás, até vão pedi-la visto querem ver-se livres de teclados, ratos ou telecomandos. Também antecipam que as pessoas vão fartar-se dos equipamentos de interface táctil.

Transformar as ondas cerebrais em acções no mundo real requer descodificações muito pesadas e elaboradas. No entanto, os investigadores da Intel já conseguiram, utilizando raios X à actividade cerebral, combinar padrões de actividade com funcionalidades reais. Há ainda um caminho a percorrer. Para os cientistas da Intel são apenas mais 11 anos. Em 2020 os implantes já devem ser uma realidade.

O que acha desta possibilidade? Deixava que lhe colocassem um implante para conseguir mudar os canais da TV só com o pensamento?

Nova Ordem Mundial – Transmissão de Emergência

Almeida Santos – Que Nova Ordem Mundial?

António de Almeida Santos lançou em Janeiro passado e seu livro “Que Nova Ordem Mundial?“.

O conceito de Nova Ordem Mundial (em inglês, NWO) surge sempre com apenas um único significado, um governo, um banco, um poder mundial capaz de gerir e controlar todas as nações. A NWO é sempre apresentada como a solução para os problemas actuais do globo, pobreza, crise económica, fome, etc…

Normalmente não custumo postar nada aqui que já não tenha pelo menos visto ou lido uma vez. Mas desta vez devo admitir que não li o livro. Mesmo assim penso que podemos analisar o conceito.

Ler mais deste artigo

PNAC – O Projecto para o Novo Século Americano

NACCoverHá poucos dias atrás o Rogério adicionou à lista de documentários o PNAC – Project for a New American Century.

Ver Online

Youtube Legendado

Download Directo (Mega Upload)

PNAC Legendas Português

Obrigado pessoal do Doc Verdade pelos links e contribuição!

Comentário Pessoal:

Ler mais deste artigo