“Tragédia & Esperança: A História do Mundo dos nossos Tempos”

Começou o maior projecto de tradução colaborativa de todos os tempos…

2 séculos

1300 páginas

“Tragedy & Hope: A History of The World In Our Time”
“Tragédia & Esperança: A História do Mundo dos nossos Tempos” (proposta de tradução do título)


O maior e mais compreensivo manual histórico para entendermos porque afinal ficámos assim, mal.

De Inglês para Português

Tradutores PRECISAM-se!

Versão resumida (150 páginas em inglês)

Versão integral em pdf (1300 páginas em inglês)

Outro Livro muito interessante deste senhor:

“The Evolution of Civilizations” (414 páginas em inglês)

Acesso ao ficheiro de coordenação de traduções

“Um dia a vossa vida irá passar-vos diante dos vossos olhos. Assegurem-se de que seja um espectáculo ao qual valerá a pena assistir!” ~Gerard Way

“One day your life will flash before your eyes. Make sure its worth watching.” ~Gerard Way

Anúncios

A Plutonomia e a Estratificação Social

 

Ao que parece, a desigualdade social de base económica, está tão disforme e acentuada no mundo que os mais ricos do mundo (os 1% mais ricos de países como os EUA, Reino Unido e Canadá) dominam tanto a economia que podem negligenciar à vontade a grande maioria da população. Ou seja, podem ignorar mais do que as suas vontades sociais ou políticas (que já o têm feito há muito tempo como todos nós sabemos): as suas vontades como consumidores ou quaisquer outros comportamentos que pudessem ter cariz económico. Basta lerem um pouco os pdfs para verem o quão aberrante e disfuncionais as sociedades supostamente mais avançadas se estão a tornar:

Citigroup-Plutonomy-Report-Part-1

Citigroup-Plutonomy-Report-Part-2

Excerto da palestra Social Pathology (Patologia Social) por Peter Joseph, onde é referido o material do Citigroup:

Ler mais deste artigo

Palestra Movimento Zeitgeist Portugal

Esta é a apresentação do Movimento Zeitgeist em Portugal.

Ver no Prezi: http://prezi.com/bnbudi8wmqu0/palestra-movimento-zeitgeist-portugal/

“Zeitgeist: Moving Forward” / Zeitgeist: Futuro Agora” Media Kit

PDF White Style

PDF Black Style

LANÇAMENTO UNIVERSAL DO FILME ZEITGEIST: MOVING FORWARD PARA REPRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA

1 de Novembro de 2010

De:
Peter Joseph, Produtor/Director
Gentle Machine Productions LLC
http://www.zeitgeistmovie.com
media@zeitgeistmovie.com

Para: Qualquer Cinema, Global.

Esta missiva é um Lançamento Universal para a “Exibição Pública” do trabalho de Peter Joseph/Gentil Machine Productions, intitulado “Zeitgeist: Moving Forward”.
A “Exibição Pública” será portanto definida como qualquer apresentação teatral/cinematográfica com uma plateia ao vivo. Note-se que tal não inclui transmissão de televisão comercial ou similar.
(Permissão para a transmissão em televisão comercial ou similar é concedida por
zeitgeistmovie.com caso a caso).

Termos de utilização:
– O filme não pode ser cortado ou reeditado em qualquer maneira.
– Se não houver troca de dinheiro, portanto, se o evento for livre, não há limitações à quantidade de sessões/exibições.
– Se for cobrado dinheiro pela entrada para ver o filme, as exibições não podem ocorrer para além de um prazo máximo de 10 dias cumulativos, para cada período anual.

No caso de haver uma situação que requer uma alteração a estes termos, ou se o local em questão pretende confirmar a validade deste lançamento, por favor contacte: media@zeitgeistmovie.com

Atenciosamente,
-Peter Joseph
http://www.zeitgeistmovie.com
http://www.zeitgeistmovingforward.com

O Grande Contador da Dívida de Todo Um Mundo

 

Mais de trinta e nove triliões que o mundo deve a sí próprio e a crescer sem sinal de fim!
São na verdade quase 40 triliões!!!
$ 39.970.973.000.000

Situação actual de Portugal:
Dívida Pública: $180,057,534,247
Dívida Pública Per Capita (a dívida que cada um de nós “tem”) $16,908.01
População: 10,679,452
Dívida Pública como Percentagem do PIB (produto interno bruto):89.0%
Taxa Anual de Crescimento da Dívida Pública: 3.6%

Vejam a situação do Japão, deplorável:

Dívida Pública: $10,632,112,328,767
Dívida Pública Per Capita: $83,813.74
População: 126,861,643
Dívida Pública como Percentagem do PIB (produto interno bruto):196.3%
Taxa Anual de Crescimento da Dívida Pública:7.6%

“It looks like public debt is synonymous with capitalist development and the accumulation of private wealth.” ~Anónimo

 

Humanidade: perfeitos idiotas…

Fonte: http://buttonwood.economist.com/content/gdc

EUA: 40 milhões de doses de vacinas foram para o lixo

Cerca de 40 milhões de doses da vacina contra a gripe suína, produzidas pelos Estados Unidos, expiraram e foram para o lixo, com um prejuízo de cerca de 200 milhões de euros, avança a agência AP.

As vacinas, que expiraram na quarta-feira, vão ser incineradas, uma quantidade quatro vezes superior àquela que costuma sobrar da gripe sazonal.

Uma estimativa do governo apontam que mais 30 milhões de doses vão expirar e, caso isso se verifique, mais de 43 por cento das doses terão sido desperdiçadas.

«Apesar das muitas doses de vacinas que não foram usadas, foi mais apropriado termo-nos preparado para o pior cenário do que ter falta de vacinas», declarou o porta-voz do departamento de Saúde e Serviços Humanos, Bill Hall.

Este ano, o governo recomendou que todos os americanos se vacinassem contra a gripe, no entanto, não quer dizer que sejam utilizadas todas as doses.

«Sem dúvida que vão sobrar doses. Isso acontece sempre», referiu um especialista em imunologia.

in IOL DIÁRIO

Esta notícia saiu no dia 1 do presente mês, mas como todas aquelas que realmente interessam foi abafada na comunicação social. Alguém ouviu ou leu-a nos principais media do pais? Ah pois é…

Tragédia na Madeira: Um desastre já anunciado há dois anos

Todos nós temos conhecimento daquilo que aconteceu à dias na Madeira. Uma tragédia ambiental como não se via à muito em Portugal. Infelizmente esta tragédia já tinha sido anunciada ao público, senão vejamos:

Depois de casa arrombada, trancas à porta. Isto porque o Instituto de meteorologia à vários anos que pressiona os governantes, regionais e nacionais para poder ser instalado um radar meteorológico na região da Madeira. Radar esse que poderá prever catástrofes destes com um pequeno espaço de tempo e assim evitar danos graves e até mortes. Após esta tragedia de dia 20/02/2010. Mariano Gago lá cedeu

The Venus Project – de 1760

Todos nós conhecemos de alguma forma o The Venus Project uma organização cujo objectivo melhorar a sociedade, construindo cidades sustentáveis , usando energia de forma eficiente, gerindo os recursos naturais da Terra, usando automação avançada, focando nos benefícios que tudo isto trará à sociedade. (Existem outros projectos semelhantes: The New Z-Land, e uma no Dubai que não me recordo o nome)

O que nós não conhecemos é que em 1760 várias missões jesuitas no interior da amazónia tinham como objectivo criar uma sociedade semelhante em tudo a estes projectos acima referidos. Em dada altura chegaram a contar com sessenta povoações habitadas por cerca de vinte mil famílias de indigenas. A sua percursão na sociedade de então era tal que os governadores coloniais de então se dirigiam a elas em forma de solicitão, e não de ordem.

Em cada missão estava no comando um membro da ordem, que era tutelado pelos líderes da missão. Esse comandante tinha o apoio um tenente corregedor, um alferes real, quatro regedores, um alcaide primeiro, um alcaide segundo, um alcaide da Irmandade, um alguazir-mor, um procurador e um secretário. Todos estes cargos eram exercidos por indigenas, já que era proibido que fossem exercidos por outros não nativos das aldeias.

Cada indígena tinha então um lugar na sociedade, e dedicava 6 horas por dia ao seu trabalho, as populações eram assim auto-suficientes. Desde a manutenção ao vestuário, passando pela fabricação de livros, ou orgãos musicais e alimentos necessários para todos.

Estas missões tornaram is indíos Guaranis (nome da tribo onde era feita esta experiencia) em pessoas pacíficas, infelizmente após saida da tutela dos missionários, esqueceram tudo aquilo que tinham aprendido até então voltando à sua vida anterior.

Este facto pouco conhecido do público em geral é a prova de que visões utópicas como a do The Venus Project ou The New Z-land, são situações que podem ser encaradas com grande realidade e como um caminho pela qual a sociedade em que vivemos hoje em dia devia de olhar com outros olhos e pensar seriamente naquilo que é ai proposto

Cidade Atlas em Nevada – O Princípio do Futuro da Humanidade?

Atlas Logo

“Muda a tua forma de olhar a vida, aceita a tua frustração para com o sistema que não está a trabalhar para ti ou para a nossa sociedade, entende que podemos fazer escolhas diferentes, como mudar para uma sociedade capaz de se libertar da escravidão da dívida. Envolve-te e entende como uma nova existência cultural pode resolver os problemas enfrentados pela humanidade.”

“A Cidade de Atlas representa o futuro da humanidade. A realidade é que hoje ainda não temos toda a tecnologia para automatizar totalmente a mão de obra humana, no entanto, estamos a chegar mais perto dessa realidade todos os dias. A Cidade de Atlas irá minimizar o trabalho humano usando a tecnologia para traçar o caminho para uma melhor qualidade de vida para toda a humanidade. Os habitantes vão trabalhar duro, mas trabalham menos horas do que os seus homólogos do sistema monetário.”

Ler mais deste artigo

Gripe Suína – A Guerra Mata Mais

Swine Flu MortalityReferências?

5 de Novembro – Noite de Guy Fawkes

Remember, remember the Fifth of November,
The Gunpowder Treason and Plot,
I know of no reason
Why the Gunpowder Treason
Should ever be forgot.
Guy Fawkes, Guy Fawkes, t’was his intent
To blow up the King and Parli’ment.
Lembrai, lembrai, o Cinco de Novembro
A pólvora, a traição e o ardil;
Não sei de uma razão para a traição da pólvora
Ser algum dia esquecida.
Guy Fawkes, Guy Fawkes, era sua intenção
Rebentar com o Rei e Parlamento.
Ler mais deste artigo

Usem o Poder do Anónimo

O conteúdo que se segue foi postado hoje no Fórum Zeitgeist por um utilizador anónimo.

O seu avatar consiste
na sua presumível
fotografia
com uma
máscara de

O referido post numa versão adaptada para Português:

Ler mais deste artigo

As Estatísticas do Ateísmo em 2008

– O Ateísmo está a crescer (há 3 vezes mais pessoas a perder a sua fé do que a adquirir fé).

– Os países mais seguros do mundo têm uma correlação positiva com ateísmo.

– A Educação e a inteligência têm uma correlação positiva com ateísmo.

– Ateus têm menor probabilidade de se tornarem criminosos e de se divorciarem.

Ler mais deste artigo

Vacina H1N1 – A maior peta de sempre! Parte 2

title_influenza_2ALEMANHA: A população receberá uma vacina diferente da prevista para os dirigentes, os funcionários do Estado e o Exército.

Uma questão de adjuvantes, os já falados aqui escaleno e triomersal. A polémica abalou o país.

Para combater o vírus da Gripe A, existe uma vacina para o povo e outra para quem o governa.
A informação espalhou-se como o um rastilho de pólvora desde domingo, na Alemanha. O Pandemrix, a vacina fabricada em Dresden pela empresa GlaxosSmithKline (GSK), é para o cidadão comum. Foram encomendadas 50 milhões de doses.

Mas para os políticos, funcionários públicos e soldados, o Ministério do Interior encomendou 200.000 doses de Celvapan fabricadas pelo Grupo Baxter.

A diferença? A presença de adjuvantes: o Pandemrix contém, ao contrário do CELVAPAN. Agora questionem-se? Porque é que o plebeu toma a dose com adjuvante, e a elite nacional não? Não é motivo para desconfiar?

FONTE: 24 heurs

Vacina H1N1 – A maior peta de sempre! Parte 1

Todos nós já vimos como a vacina para o H1N1 pode ser fatal para quem a tome.

Mas ultimamente estava tudo em alarido porque não havia a suposta “vacina” depois desta criada, não havia forma de a fabricar em larga escala para preencher a grande demanda de doses que necessitavam de ser fabricadas…

Mas eis que a verdade é como o azeite, chega sempre ao de cima:

2008

Cópia do folheto informativo da vacina dos laboratórios Sanofi Pasteur SA em 2008

Estão a ler bem meus amigos, a vacina contra a Gripe sazonal dos laboratórios Sanofi Pasteur SA em 2008 já continha o vírus H1N1 inóculado e quem tomou essa vacina ficou ímune ao dito cujo.