Sin Obsolescencia Programada

Uns links a dar atenção:

http://energiaslibres.wordpress.com/2012/04/12/ya-han-amenazado-de-muerte-al-espanol-que-invento-la-bombilla-que-apenas-gasta-y-dura-toda-la-vida/

http://www.oepelectrics.com/

e o documentário de Cosima Dannoritzer em espanhol:

http://www.rtve.es/alacarta/videos/el-documental/documental-comprar-tirar-comprar/1382261/

Anúncios

Juízes dizem que novas medidas são “afronta ao Tribunal Constitucional”

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) disse hoje que as novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo são “uma afronta ao Tribunal Constitucional”, considerando que penalizam “mais uma vez” os rendimentos do trabalho.

“As medidas anunciadas, mais do que contornar a decisão do Tribunal Constitucional, são uma afronta ao que foi decidido por este tribunal no que respeita necessidade de garantir a distribuição equitativa dos sacrifícios por todos os cidadãos”, refere a ASJP em nota enviada à agência Lusa.

Para os juízes, “penalizam-se, mais uma vez, aqueles que vivem apenas dos rendimentos do seu trabalho, quer como servidores públicos, quer como trabalhadores do sector privado, bem como os reformados e pensionistas”.

Ler mais deste artigo

Cosas que desaparecen

Deixo-vos con um texto que saiu no “El Paìs”

Cuando no hay más lógica que la económica y solo ella dicta las normas, muchas cosas desaparecen. Desaparece la gente de las ventanas, porque el tiempo que hasta mediados del siglo XX se empleaba para ver pasar a la gente por la calle o para escuchar el canto de un pájaro se necesita ahora para hacer algo provechoso, es decir, para ganar algunos euros, o para preparar un examen, o para solucionar un asunto, o dos asuntos. Desaparece también la conversación, porque, al haber siempre un quehacer, la gente lo deja para otro día, otro sábado, otro verano. Desaparece igualmente la amistad, porque es difícil quedar, porque la gente tiene la agenda rellena. Por la misma razón desaparece la vida familiar. Como decía un tango, la gente llega a casa deshecha por la máquina, sin más gana que la de ver televisión. Además, siempre hay una llamada telefónica pendiente.

Continuar a ler…

Leituras – The end of cheap coal

http://www.nature.com/nature/journal/v468/n7322/full/468367a.html

New forecasts suggest that coal reserves will run out faster than many believe. Energy policies relying on cheap coal have no future, say Richard Heinberg and David Fridley.

Nature
Volume:
468,
Pages:
367–369
Date published:
(18 November 2010)
DOI:
doi:10.1038/468367a

Published online
17 November 2010

Ver também: O curso do crash.

Bayer Documents: AIDS Tainted Blood Killed Thousands of Hemophiliacs

Deixo-vos com um documento por sua vez deixado por um participante.

Bayer Documents: AIDS Tainted Blood Killed Thousands of Hemophiliacs

Thu, 22 May 2003

An examination of internal Bayer company documents by The New York Times reveals that the company was engaged in unsavory, probably criminal marketing practices. The documents reveal that Bayer continued to sell contaminated blood plasma causing thousands of hemophiliac patients to be infected with AIDS. The company continued to sell the contaminated blood in Asia for over a year when it had already introduced a safer, heated blood plasma version in the US and Europe in February 1984.

The documents examined by the Times provide evidence of unrestrained corrupt practices by a pharmaceutical industry giant. According to The Times, records suggest that the reason for continuing to sell an AIDS infected blood product, was to get rid of inventory and “the company hoped to preserve the profit margin from ‘several large fixed-price contracts.'”

This previously uninvestigated case demonstrates how this industry’s lies and crimes are shielded by officials at the Food and Drug Administration. The Times reports that in 1985 FDA’s Dr. Harry Meyer willingly helped Bayer cover up “one of the worst drug-related medical disasters in history.” Meyer suggested that the issue should be “quietly solved without alerting the Congress, the medical community and the public.” This culture of accommodation continues to prevail at the FDA. … ler o resto.

Exército Secreto Europeu – EUROGENDFOR

Deixo-vos com um mail que recebi, que por sua vez é também um ou vários posts em outros blogues! Vale mesmo a pena ler!

EXÉRCITO SECRETO EUROPEU –

Tem conhecimento disto?

___________________________________________________________

Terça-feira, Março 16, 2010
EUROGENDFOR, ORDEM PARA OCUPAR!

http://pagina-um.blogspot.com/2010/03/eurogendfor-ordem-para-ocupar.html.

«Existe um EXÉRCITO SECRETO EUROPEU, que também pode ser chamado de FORÇA SECRETA POLICIAL DE INTERVENÇÃO PARA O ESMAGAMENTO DE REVOLTAS NA EUROPA.

Já se encontra dentro da União Europeia, porém apenas muito poucos sabem disso.

A força possui os mais amplos direitos, tem de momento 3.000 homens e responde pelo nome de “EURO GENDFOR (EUROPEAN GENDARMERIE FORCE)”, ou seja, TROPA DE POLÍCIA EUROPEIA. O seu comando encontra-se em Vicenza, na Itália, longe do Centro da UE.

Quem deu vida a este projecto foi a Ministra da Defesa Francesa, Alliot-Marie, com o objectivo de mais facilmente esmagar levantamentos populares, como os que têm surgido frequentemente em cidades francesas.

Esta força, já existente, pode agora ser empregue por toda a União Europeia, anulando os direitos nacionais e as soberanias dos Estados Membros!

O Tratado de Velsen (Holanda), decidiu de forma inequívoca, que vai ser um CONSELHO DE GUERRA, que vai decidir sobre a sua actuação. Este conselho compõe-se dos Ministérios de Defesa e de Segurança dos países membros da UE, inclusivamente do país onde vai ser aplicado.

Aos olhos dos observadores trata-se de uma clara manifestação de um DIREITO DE OCUPAÇÃO DA EUROPA. Porque, desde que tenha sido decidido por unidades da EURO GENDFOR a ocupação de edifícios e regiões, ficam estas debaixo da sua alçada, já não podendo sequer ser visitadas pelos organismos oficiais do país a que territorialmente pertencem. De facto, existe assim um DIREITO DE OCUPAÇÃO EUROPEU. Porém, a situação pode vir a piorar ainda mais.

Ler mais deste artigo

Número de milionários cresce nos EUA em 2009

A crise não passou pelos lares mais endinheirados, nos Estados Unidos. É o que prova um relatório publicado agora, segundo o qual o número de famílias milionárias esteve em forte subida no ano passado.

O número de famílias com activos, exceptuando a residência principal, no valor de mais de um milhão de dólares, subiu 16% desde 2008 e é agora de 7,8 milhões. As chamadas famílias afluentes, com um património igual ou superior a meio milhão de dólares, estiveram também a aumentar.

Esta subida segue-se a uma forte queda no ano anterior, depois do máximo histórico atingido em 2007, ano em que o número de milionários explodiu. Mas a tendência não se resume ao outro lado do Atlântico. Também em Itália aumentou, não o número de milionários, mas o volume do dinheiro na posse das 640.000 famílias mais ricas. Isto, em grande parte, graças à amnistia anunciada pelo governo de Silvio Berlusconi às contas no estrangeiro, o que permitiu o repatriamento de grandes quantias. Mas isso não esconde a situação económica do país, que teve no ano passado uma queda de 5% no PIB.

FONTE

Robin Hood cibernético publica contas bancárias de ricos da Letónia

Um grupo de hackers conhecido por Quarto Despertar do Exército do Povo conseguiu aceder a sete milhões de declarações de IRS e tem vindo a revelar os ganhos de banqueiros e gestores públicos da Letónia via Twitter.

À boa maneira de Robin Hood, um dos membros do grupo Quarto Despertar do Exército do Povo tem vindo a concentrar as atenções da população da Letónia que atravessa actualmente uma crise económica, com taxas de desemprego de 23% e uma quebra de 25% produção de riqueza, durante os últimos dois anos.

Esta crise levou o Governo a aplicar cortes nos salários de funcionários de empresas estatais – mas nem todos terão feito o mesmo sacrifício.

O hacker que faz lembrar Robin Hood, mas adoptou a alcunha de Neo numa referência ao protagonista do filme The Matrix, mostrou no Twitter que muitos dos gestores de empresas detidas pelo estado da Letónia continuaram a receber bónus salariais secretamente, informa a BBC.

Os rendimentos dos gestores de um banco que evitou a falência com o apoio financeiro do estado letão também foram publicados no Twitter.

No total, os dados financeiros de 1000 empresas terão sido interceptados pelo grupo de hackers.

As autoridades da Letónia já informaram que vão investigar este caso de violação de privacidade. O que não impediu um crescendo de popularidade do desconhecido Neo entre a população deste país do Báltico.

BBC

O que não estamos a ouvir acerca do Haiti: petróleo

Mastiphal, parece que este artigo responde ao teu comentário. E claro a muitas das nossas dúvidas. Parece que já há uma razão para a HAARP ter actuado.

“Há prova de que os Estados Unidos descobriram petróleo no Haiti décadas atrás e que devido a circunstâncias geopolíticas e a interesses do big business foi tomada a decisão de manter o petróleo haitiano na reserva para quando o do Médio Oriente escasseasse. Isto é pormenorizado pelo dr. Georges Michel num artigo datado de 27/Março/2004 em que esboça a história das explorações e das reservas de petróleo no Haiti, bem como na investigação do dr. Ginette e Daniel Mathurin.

Também há boa evidência de que estas mesmas grandes companhias de petróleo estado-unidenses e seus monopólios inter-relacionados de engenharia e empreiteiros da defesa fez planos, décadas atrás, para utilizar portos de águas profundas do Haiti tanto para refinarias de petróleo como para desenvolver parques de tancagem ou reservatórios onde o petróleo bruto pudesse ser armazenado e posteriormente transferido para pequenos petroleiros a fim de atender portos dos EUA e do Caribe. Isto é pormenorizado num documento acerca da Dunn Plantation em Fort Liberté , no Haiti.Continuar a ler… (Resistir.info)

Encontrei o artigo no blog “A Tribuna

A evolução em directo: Os lagartos das dunas brancas

Para um amante de Biologia não existe nada mais fascinante que contemplar o processo evolutivo em plena acção. Isso aconteceu com a doutora Erica Rosenblum, da Universidade de Idaho, que há cerca de uma década estuda os lagartos do deserto de White Sands, no Novo México, e descobriu que várias espécies aclararam os seus tons de pele em apenas uns milhares de anos e agora facilmente passam desapercebidos nas areias brancas do deserto. Mas a sua descoberta é ainda mais interessante: espécies diferentes chegaram à mesma solução através de mutações diferentes, é como se a Natureza encontrasse sempre uma saída!

O processo geológico que formou este deserto foi bastante rápido e sucedeu à apenas 6000 anos. Da mesma forma que já aconteceu noutros ambientes, esta mudança súbita colocou os lagartos de cor castanha numa posição desfavorável: começaram a ser mais visíveis  pelos predadores do que aqueles cuja pele era um pouco mais clara e que assim eram favorecidos para sobreviver. Ler mais deste artigo

Recuperados 22 milhões de emails apagados pela administração Bush

22 milhões de emails apagados na Casa Branca, durante a invasão do Afeganistão e a preparação da guerra no Iraque, foram recuperados pelo Arquivo Norte-Americano de Segurança.

O Arquivo Norte-Americano de Segurança (NSA, sigla em inglês) anunciou hoje a recuperação de 22 milhões de correios electrónicos da Casa Branca que foram apagados durante a administração de George W. Bush.

Ao mesmo tempo, o Arquivo e a Organização de Cidadãos para a Responsabilidade e Ética em Washington (CREW) disseram que tinham chegado a um acordo com a Casa Branca para resolver a acção judicial que tinham apresentado contra o governo federal pela destruição de correios electrónicos durante a presidência Bush.

“Fizemos o nosso melhor para recuperar o número de correios electrónicos ou para os reconstruir com as cópias de segurança. O governo agora pode encontrar e pesquisar 22 milhões de correios a mais do que (podia) em 2005”, afirmou Kristen Lejnieks, advogada do Arquivo Norte-Americano de Segurança, citada em comunicado.

Ler mais deste artigo

Copenhaga, mais um prego no nosso caixão.

Como tem sido noticiado últimamente está a decorrer em Copenhaga uma Cimeira Mundial que conta com a participação de cerca de 100 governos, de forma a rectificar o Protocolo de Quioto. Tudo isto até seria muito bom, se não fosse o Protocolo de Quioto a sorte grande, o de Copenhaga a terminação… No mau sentido claro está!

Uma fuga de informação viu hoje a luz do dia e está a por em causa tudo aquilo que nos têm levado a crer com Quioto e como este novo encontro.

Um esboço que se acredita foi já mostrado e acordado com nações como o Reino Unído, Estados Unídos, proposto pelos próprios anfitriões da cimeira, surgiu como uma fuga de informação, e onde se coloca como fasquia o aumento de apenas 2 graus célcius na temperatura do planeta, uma redução das emissões dos transportes aéreos e navais, e um corte de até 50% nas emissões de carbono até 2050. Tudo isto era porreiro, não fosse esse corte de 50% suportado maioritariamente pelos paises em desenvolvimento, contrariando assim o Protocolo de Quioto que dava permissas aos paises mais pobres em poderem desenvolver-se e emitirem gáses nocivos para atmosfera e por sua vez os mais desenvolvidos contrapunham na balança menos emissões de forma a tudo ficar mais ou menos nívelados.

As nações sub-desenvolvidas receiam então que o documento, caso seja aprovado, os limites não sejam impostos através do nível de desenvolvimento e da população, mas sim através de acordos que estejam na conformidade e que respeitem o critério impostos pelos países mais desenvolvidos.

Depois de o jornal britânico “The Guardian” ter publicado o chamado documento dinamarquês, as negociações entraram em crise no segundo dia da cimeira. Os países em desenvolvimento terão ficado enfurecidos com as informações de que na próxima semana os líderes mundiais iriam ser confrontados com um acordo que prevê a entrega de mais poder aos países ricos, e que iria dar às Nações Unidas um papel mais lateral nas futuras negociações sobre as alterações climáticas.

Os países em desenvolvimento queixam-se, nomeadamente, de que serão fixados limites desiguais para as emissões de carbono em 2050, dando aos mais ricos a possibilidade de emitir praticamente o dobro do que seria aceite para os países em desenvolvimento. Esta seria uma enorme inversão do princípio do protocolo de Quioto que determina que são os países desenvolvidos que mais têm de agir para reduzir as emissões de CO2.

Para além disso, prevê-se que o controlo financeiro das alterações climáticas seja entregue ao Banco Mundial, abandona-se o Protocolo de Quioto, quando o que muitos defendiam era a sua extensão já que é o único tratado internacional vinculativo sobre os cortes das emissões; e torna-se o dinheiro destinado a ajudar os países pobres dependente de um conjunto de medidas a serem tomadas.

Podem ver o tal esboço através do Site do The Guardian, isto é… Enquanto for possível visualiza-lo.

Climategate – O Maior Acto Terrorista Contra a Ciência

O Corbett Report sentou-se recentemente com o Dr. Tim Ball, um professor de climatologia reformado da Universidade de Winnipeg para falar sobre Phil Jones da Climate Research Unit (CRU). Aqui, dois meses antes do “Climategate” e dos e-mails “hackados,” falaram sobre o elevado nível de secretismo da natureza do CRU de East Anglia. Para ler o artigo de De Ball sobre este tema siga este link:

canadafreepress.com/index.php/article/13570

Nas palavras de Dr Ball:

“Não são os políticos que politizam a ciência que são o problema. São os cientistas que politizam a ciência que são o problema.”

E aqui transcrevo as palavras do Prof. Delgado Domingos reconhecida autoridade nacional em Climatologia e Engenharia do Ambiente, sobre o escândalo Climategate:

“O escândalo do ‘Climategate’ e a Conferência de Copenhaga

O caso Climategate, onde se manipularam dados para provar o aquecimento global, é um dos maiores escândalos científicos da História, pelo modo como afecta a credibilidade pública da comunidade científica e sobretudo pelas suas implicações económicas e políticas.

Passaram há pouco 42 anos sobre um dos maiores desastres de origem climática em Portugal: as inundações de 1967 em Lisboa. Centenas de mortes e centenas de milhões de prejuízos materiais. Será que este desastre se deveu às emissões de CO2eq (CO2 equivalente) ou ao aquecimento global? Claro que não!

Aliás, na altura, a imprensa internacional explorava os receios de uma nova idade do gelo devido ao arrefecimento global que se verificava.

Em 1967, a probabilidade de ocorrência da precipitação que provocou o desastre em Lisboa era conhecida. Uma precipitação com características análogas pode repetir-se amanhã e as suas consequências só serão menores se as necessárias medidas de prevenção forem entretanto tomadas (e nem todas o foram!).

Ler mais deste artigo

Intel quer pôr implantes no cérebro dos utilizadores…em 2020

Esta é uma transcrissão de um artigo publicado no site da Exame Informática. Uma notícia ao qual nós na Ode Triunfante não podiamos ficar alheios, e consequentemente preocupados:

Investigadores da Intel querem utilizar as ondas cerebrais para controlar computadores, televisões e os mais variados gadgets.

Não, não é ficção científica. Investigadores dos laboratórios da Intel em Pittsburgh, Estados Unidos, estão a desenvolver implantes cerebrais que vão permitir controlar uma série de equipamentos. Os cientistas prevêem que os consumidores vão ajustar-se rapidamente à ideia. Aliás, até vão pedi-la visto querem ver-se livres de teclados, ratos ou telecomandos. Também antecipam que as pessoas vão fartar-se dos equipamentos de interface táctil.

Transformar as ondas cerebrais em acções no mundo real requer descodificações muito pesadas e elaboradas. No entanto, os investigadores da Intel já conseguiram, utilizando raios X à actividade cerebral, combinar padrões de actividade com funcionalidades reais. Há ainda um caminho a percorrer. Para os cientistas da Intel são apenas mais 11 anos. Em 2020 os implantes já devem ser uma realidade.

O que acha desta possibilidade? Deixava que lhe colocassem um implante para conseguir mudar os canais da TV só com o pensamento?

Os Neoconservadores dos EUA: Quem São e Como Chegaram ao Poder?

motivator572fda9735ee476c2d6fd10880c5f16e4a797c5a

O texto que se segue é uma tradução e adaptação deste artigo para a nossa língua. O artigo dá-nos uma visão pessoal de Michael Lind que teve contacto próximo com esta gente, os Neoconservadores dos EUA. Lind explica como obtiveram as rédeas da administração Bush e as atrocidades cometidas em nome da “guerra ao terrorismo” ou “da busca das armas de destruição maciça” de Saddam Hussein:

Ler mais deste artigo